quinta-feira, 1 de Setembro de 2016 14:40h Pedro Gianelli

Campanha pela Paz realiza Maratona da Divina Misericórdia

Com este propósito, todos estão convidados a participar dos encontros da Campanha pela Paz, um movimento internacional e ecumênico, que vem percorrendo diversas cidades e países para difundir o poder da oração, na construção de uma cultura de paz e de fraternidade.

A Campanha pela Paz realiza, em Belo Horizonte, nos dias 05 e 06 de setembro, a 38ª Maratona da Divina Misericórdia. Trata-se de um encontro de oração ecumênico, permeado por cânticos, alegria e devoção, que reunirá fiéis, devotos, religiosos, pessoas orantes e peregrinos.
Com entrada gratuita, o evento inicia às 8h, no auditório Granada do Minascentro. Todos estão convidados a participar, unidos em espírito de fraternidade pelo propósito único de paz na Terra.

A Maratona da Divina Misericórdia é um extraordinário exercício espiritual e consiste em orar durante os dois dias de encontro o Terço da Divina Misericórdia. O evento é conduzido por monges da Ordem Graça Misericórdia – instituição autônoma, de caráter religioso, filosófico e de vida consagrada. Estes encontros já percorreram diversos países, como Argentina, Brasil, Espanha, Paraguai, Portugal e Uruguai. Sua primeira edição foi realizada em agosto de 2013, no Centro Mariano de Aurora, em Paysandu, no Uruguai, durante o Encontro Anual de Oração. A cada edição, o evento vem atraindo um número cada vez maior de participantes em todo o mundo.

As maratonas são organizadas pela Associação Maria, instituição beneficente e cultural, de cunho ecumênico, sediada em Carmo da Cachoeira, Minas Gerais, Brasil.
A oração do Terço da Misericórdia foi difundida por Santa Faustina, que viveu na Polônia no século passado.

As maratonas são transmitidas ao vivo, por intermédio do site www.misericordiamariatv.org. Para mais informações, acesse também www.divinamadre.org.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.