sábado, 1 de Outubro de 2016 11:00h Carlos Henrique

Card do UFC São Paulo começa a ser formado com bons combates

Mais uma vez sendo sedia­do no Brasil, o Ultimate Fighting Champioship terá bons emba­tes no ginásio do Ibirapuera. Na luta principal, Alexander Gustafsson, que foi o atleta que mais esteve próximo de vencer a lenda Jon Jones, em um due­lo intenso no UFC 165, onde uma batalha de cinco rounds desgastou muito os dois atletas e acabou com vitória de Jones, mas com uma apresentação impecável do Sueco, desta vez irá enfrentar Rogério Mino­touro, irmão gêmeo da lenda Rodrigo Minotauro. Minotouro, atualmente com 39 anos, vem de vitória importante sobre Patrick Cummins por nocaute no UFC 198 em Curitiba, se recuperando das duas derrotas que sofreu nas lutas anteriores, para Anthony Johnson, por no­caute técnico, e para Mauricio Shogun, por decisão unânime.

Já Alexander, também tem retrospecto recente parecido. Após ter tido a oportunidade e por pouco não ter sido cam­peão dos meio-pesados, numa dura batalha contra Jon Jones, o sueco ainda teve uma dura perda contra Anthony Johnson, ao ser nocauteado ainda no primeiro round, e mais uma oportunidade de disputar a cinta dos meio pesados, contra o também perigoso Daniel “DC” Cormier e, em mais uma “batalha”, acabou sendo der­rotado por “decisão dividida” dos juízes laterais. Porém, no último embate, realizado em setembro, não fez uma apresen­tação impecável, mas suficiente para vencer o polonês Jan Bla­ckowicz, por decisão unânime.

Agora, os dois se enfrentam tentando se afirmar na catego­ria e, quem vencer, dará passos importantes para almejar voos mais altos na divisão e, já que Jon Jones parece que não se cansa de causar problemas e não sabe-se quando volta, pode ser que pinte uma oportunida­de para alguns dos atletas numa disputa de título.

Ainda sobre o evento, ou­tros importantes combates estão sendo realizados. Cláudia Gadelha, que por duas vezes desafiou a campeã Joanna Jedr­zejczyk e foi derrotada em due­los difíceis e disputados, desta vez terá que provar novamente a Dana White que merece uma chance de tentar novamente ser campeã peso-palha femi­nino (até 57 kg). Sua oponente será Cortney Casey, americana de 29 anos, que vem de duas vitórias seguidas na organiza­ção, contra a romena Cristina Stanciu, por nocaute através de cotoveladas e contra a polonesa Randa Markos, por finalização chave de braço. Será um duro duelo para Gadelha, já que a norte-americana já provou sua qualidade nas últimas vezes em que esteve no octógono mais famoso do mundo.

Outro combate confirmado é de Cesar Mutante, ex-cam­peão do TUF 1 e pupilo de Vitor “The Pheonom” Belfort. Ele encara o sueco Jack Hermans­son, que tem apenas uma luta no UFC, quando bateu Scott Askham, em Hamburgo, no mês de agosto. Já Cesar, vem de duas vitórias seguidas, contra Oluwale Bangbose e Anthony Smith, e tenta fazer a trinca para fazer seu nome crescer ainda mais dentro da organização.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.