sábado, 10 de Setembro de 2016 11:00h Jotha Lee

Divinópolis está entre as últimas cidades da região em eficiência, segundo Datafolha

Com vistas às eleições mu­nicipais deste ano, o jornal Folha de S.Paulo, em conjunto com o Instituto de Pesquisas Datafolha, acaba de lançar o Ranking de Eficiência dos Municípios – Folha (REM-F), que aferiu quais prefeituras do Brasil entregam mais serviços básicos à população usando menos recursos financeiros. O Ranking leva em consideração o atendimento das prefeituras nas áreas básicas de saúde, educação e saneamento, ten­do como determinante para o cálculo de eficácia na gestão a receita per capita disponível de cada cidade.

Na educação, o ranking contabiliza os percentuais de crianças atendidas por cre­ches e escolas municipais. Na saúde, a cobertura da popu­lação por equipes de atenção básica e o total de médicos por habitante. No saneamento, os percentuais de domicílios atendidos por redes de água e esgoto e por sistemas de coleta de lixo. Esses componentes são somados e depois dividi­dos pela receita per capita de cada cidade, produzindo um ranking de eficiência no gasto.

O levantamento cobriu 5.281 municípios (95% do total) e se utilizou dos dados mais recentes disponíveis para uma base dessa dimensão (2013, 2014 e 2015). O levan­tamento classifica os muni­cípios em quatro categorias: Eficiente, Alguma Eficiência, Pouca Eficiência e Ineficiente.

Divinópolis aparece numa posição intermediária nacio­nal e estadual, sendo classi­ficado como “Alguma Efici­ência”. Entretanto, quando se trata da classificação regional, de um total de 44 cidades da região Centro-Oeste Mineira, o município aparece somente na 22ª colocação. De acordo com o REM-F, Divinópolis aplicou em 2013, 20% da recei­ta em educação, enquanto a média nacional foi de 32%. Já em saúde, Divinópolis aplicou 36%, contra uma média nacio­nal de 24%.

MELHOR CIDADE

Segundo o levantamento, com pontuação de 0,486 (al­guma eficiência), Divinópolis aparece na 1.722ª posição nacional, ficando em 287º no Estado e é a 22ª colocada na região Centro-Oeste, cuja melhor avaliação foi para Pará de Minas, seguida de Piumhi e Bom Despacho.

Em uma longa nota en­viada ao Jornal Gazeta do Oeste ontem no final do dia, a prefeitura reconheceu que há “algumas situações que precisam avançar”. Entretanto, disse que “nos últimos sete anos, a cidade registrou suces­sivos processos e melhorou a eficiência na saúde, educação e saneamento básico”. Na pró­xima edição, uma reportagem completa vai mostrar todo o ponto de vista apresentado pela prefeitura, para respon­der à classificação dada à cidade pelo REM-F. A nota enviada enumera avanços do ponto de vista do município em diversas áreas, que serão mostrados na reportagem da edição da próxima terça-feira.

Minas Gerais tem duas cidades entre as melhores do Brasil em eficiência, segundo a avaliação. A primeira colocada no ranking nacional e também em Minas Gerais, é Cachoeira da Prata, com índice de 0,656, localizada na Região Metro­politana de Belo Horizonte, com 3.791 habitantes. Já a 5ª colocada no país e segundo lugar em Minas, é Cataguases, com índice 0,633. A cidade tem 74 mil habitantes e está localizada na Zona da Mata Mineira.

Na Região Centro-Oeste do Estado, com 44 cidades, o destaque foi Pará de Minas, que alcançou a 16ª posição no estado e a 93ª no país. Cidades de pequeno porte, como Igaratinga, Araújos e Perdigão, também tiveram bom desempenho, fican­do entre as 20 melhores da região.

VEJA AS 20 CIDADES DA REGIÃO CENTRO-OESTE COM MELHOR CLASSIFICAÇÃO NO REM-F

CIDADE

CENTRO-OESTE

MINAS

BRASIL

REM-F

Pará de Minas

16º

93º

0,584

Piumhi

34º

190º

0,567

Bom Despacho

38º

215º

0,563

Igaratinga

41º

241º

0,560

Campo Belo

57º

320º

0,552

São Gonçalo do Pará

60º

323º

0,552

Lagoa da Prata

66º

372º

0,548

Oliveira

92º

572º

0,534

Santo Antônio do Amparo

94º

583º

0,533

Araújos

10º

113º

654º

0,529

São Francisco de Paula

11º

115º

663º

0,528

Santo Antônio do Monte

12º

120º

691º

0,527

Carmo da Mata

13º

124º

710º

0,526

Formiga

14º

130º

736º

0,525

Itaúna

15º

137º

761º

0,523

Bambuí

16º

145º

832º

0,519

Pimenta

17º

163º

917º

0,515

Perdigão

18º

202º

1.171º

0,505

Arcos

19º

247º

1.457º

0,494

Conceição do Pará

20º

258º

1.516°

0,492

Fonte: REM-F

Leia Também

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.