quarta-feira, 7 de Setembro de 2016 11:00h Pedro Gianelli

Fábio já começa os trabalhos de fisioterapia

Duas semanas após ser submetido a uma cirurgia no joelho direito, o goleiro Fábio apareceu nesta segunda-feira pela primeira vez na Toca da Raposa II. O retorno ao centro de treinamento aconteceu para que o jogador iniciasse um trabalho específico de fisioterapia, ainda neste início de tratamento da ruptura do ligamento cruzado anterior.

Apesar do baque pela grave lesão, Fábio mostrou-se feliz por reencontrar os funcionários do Cruzeiro no Centro Avançado de Reabilitação Esportiva, o CARE. Com o início de recuperação transcorrendo dentro do esperado, o goleiro manifestou o otimismo para o restante do processo. “Feliz por estar retornando à Toca, rever os amigos e também por dar sequência ao tratamento, já iniciando uma nova fase. Graças a Deus, a fase da cirurgia foi abençoada. Fizemos as duas primeiras semanas de tratamento em casa, com o departamento médico e os fisioterapeutas do Cruzeiro. Nos dedicamos bastante para que pudéssemos, nessas duas semanas, evoluir e retornar em um momento melhor para dar prosseguimento ao trabalho”, declarou.

Fábio sofreu a grave lesão no confronto diante do Coritiba, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o diagnóstico da gravidade do problema foi operado logo depois. A expectativa é de que ele fique oito meses afastado dos gramados. “O Fábio iniciou as atividades no CARE nesta segunda-feira. Vamos enfatizar as atividades de ganho de mobilidade e estabilidade muscular, controle do edema e inflamação. O atleta já consegue andar sem uso de dispositivo auxiliar, sem muleta e já iniciou o treinamento de marcha e hidroterapia”, explicou o fisioterapeuta Charles de Oliveira.

Enquanto não retorna ao gol cruzeirense, Fábio segue recebendo o apoio de colegas e torcedores. "Quero agradecer a todos os torcedores do nosso Cruzeiro pelo carinho, pelo respeito e pelo reconhecimento de todo o meu empenho ao longo desses anos. Infelizmente, aconteceu a lesão, mas tudo no tempo de Deus.”

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.