quarta-feira, 7 de Setembro de 2016 11:00h Luciano Eurides

Inter Academy estreia na Imef com resultados positivos

LUCIANO EURIDES
luciano.eurides@gazetaoeste.com.br

 

A mais nova escola de futebol de Divinópolis fez a estreia no Campeonato 2016. A Inter Academy recebeu, no estádio Waldir Coelho (Campo da Associação), a equipe do Futgol em três categorias. Venceu na sub 10 por 1x0, venceu na sub 11 por 2x0 e, já na sub 12, empatou em 1x1.

Na categoria sub 10, o time do treinador Wilson começou muito bem a partida, mas sentiu o nervosismo de uma estreia. O frio na barriga levou a erros que poderiam ser fatais. Com o tempo passando, a bola rolando, o desempenho geral foi melhorando. Aqueles muito apresadinhos diminuíram o ritmo e os ainda acanhados entraram na partida. O Futgol é uma escola que faz um trabalho já reconhecido há anos. Assim, a vitória foi em grande estilo e certamente os demais jogos serão mais fáceis para os pequenos atletas da Inter Academy.

Na categoria sub 11, os mesmos problemas de estreia, mas, neste caso, o time começou bem, o gol demorou a sair e os atletas passaram a querer fazer de qualquer jeito. Depois do primeiro gol marcado, isso já no segundo tempo, o time tomou a postura que o treinador Paulinho exigia desde o início da partida. Logo saiu o segundo gol e o treinador aproveitou para fazer as substituições. Uma partida mais tranquila para o time de Divinópolis, menos erros a se corrigir e mais entrosamento, isso virá com os jogos.

Na categoria sub 12, o Futgol entrou em campo já com uma mentalidade de trabalho existente na equipe da capital há muitos anos, estatura, posse de bola e distribuição de jogadas. A Inter Academy marcava de longe, dava tempo para os jogadores pensarem nas jogadas e, por esse motivo, o time de Belo Horizonte poderia ter marcado primeiro, só não fez por conta da boa presença do goleiro Marcelo. Ele substituiu muito bem Vitinho, que não jogou por estar com uma infecção de garganta.

O treinador Paulinho fez uma bola leitura do jogo. Entrar com a bola no pé estava difícil, ultrapassar o sistema defensivo com toque de bola foi a tentativa à exaustão. Colocou em campo Jhonatan, que chuta muito bem de fora da área e, assim, o time conseguiu o gol. A escola Futgol é reconhecida pelo trabalho muito bem feito, e eles não se abateram. Roubaram uma bola no campo de defesa, saiu de pé em pé até a área da Inter. Apesar do esforço do goleiro Marcelo, o atleta do Futgol ainda conseguiu concluir, a bola tocou no travessão e sobrou para o atacante, livre, completar par o fundo do gol.

Para o atleta Daniel, da equipe do Futgol, o empate, fora de casa e na estreia, acabou sendo um bom resultado. “Placar foi bom, começamos perdendo e conseguimos o empate no finalzinho, faltou um pouco de raça para fazermos os gols, passar essa ansiedade, vamos jogar em casa e ganhar deles”, falou.

Para o jogador Romulo, do time da Inter Academy, o empate foi ruim, diante das circunstâncias da partida, mas, dentro da competição, o time vai crescer e isso já está superado. “Tivemos muitas oportunidades e não fizemos e acabou tendo um gostinho de derrota, temos de levantar a cabeça, nada acabou, ainda tem muita competição pela frente, nossa equipe é boa, levantar a cabeça e vamos buscar esses três pontos, já vinhamos jogando juntos e temos o entrosamento, acostumados com o campo, agora é ganhar, somos capazes e sabemos que nossa equipe é muito boa”, garantiu.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.