quarta-feira, 28 de Setembro de 2016 12:40h Carlos Henrique

Libertadores muda seu formato e terá moldes próximos a Champions

De fevereiro a novembro e com duas fases de mata-mata antes da fase de grupos. Será assim a nova cara da Taça Li­bertadores da América. Uma decisão surpreendente, que afeta os moldes de toda uma estrutura futebolística já defi­nida há muito tempo na Amé­rica do Sul e passa a englobar mais times, já que novas agre­miações serão acrescentadas.

As novas vagas ainda não foram definidas por quais clubes elas serão ocupadas, mas o que se sabe é que serão preenchidas até domingo. A copa sul-americana, outro tor­neio relevante no cenário sul-americano, também sofrerá alterações. Tradicionalmente disputada entre os meses de agosto e dezembro, passará agora a começar no mês de junho e, assim como é feito na Europa, com participantes eliminados precocemente na Liga dos Campeões indo parar na Liga Europa, acontecerá o mesmo aqui, com os times eliminados de forma prema­tura na Libertadores tendo vaga garantida na segunda competição mais importante do continente.

Outra novidade é o cam­peão da Copa Sul-Americana, que tradicionalmente só se classifica para as fases preli­minares, as chamadas “pré-li­bertadores”, desta vez, a vaga será direta na fase de grupos. Outra novidade interessante diz respeito ao jogo final da competição, tanto na Liber­tadores, na Copa do Brasil, na Sul-Americana e nas de­mais competições disputadas na América do Sul, os jogos sempre foram disputados em partidas de ida e volta, dando a chance das torcidas de am­bos receberem os seus times e participarem efetivamente da festa. Mas, na Europa, normalmente é definido em jogo único, em campo neutro, pré-estabelecido pelas con­federações antes do começo da disputa. E é justamente isso que está sendo acordado para acontecer na Libertado­res, a possibilidade de termos apenas um jogo, em campo neutro para a finalíssima.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.