sexta-feira, 7 de Outubro de 2016 14:22h Pollyanna Martins

Presidente da Acid faz balanço dos 100 primeiros dias à frente da associação

Leonardo Gabriel destacou as 68 ações feitas desde que assumiu a presidência da Acid e disse estar confiante em uma melhora na economia do município neste final de ano

POLLYANNA MARTINS
pollyanna.martins@gazetaoeste.com.br

 

O presidente da Associa­ção Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Divinópolis (Acid), Leonardo Santos Gabriel, fez um balanço dos seus 100 primeiros dias à frente da associação. De acor­do com Leonardo, nestes pri­meiros meses na presidência da Acid, foram feitas 68 ações, entre elas um ofício protoco­lado no Ministério Público, solicitando o cumprimento do “Cronograma de Execução das Intervenções Obrigatórias” da concessionária Nascentes das Gerais, no trevo de acesso ao distrito industrial Coronel Jovelino Rabelo, na MG-050. Entre as ações que ainda se­rão feitas, está a audiência que será realizada no dia 19 de outubro, para discutir o assunto. “Esse assunto se ar­rasta por anos. O MP já acatou à nossa denúncia, já instaurou o inquérito e está na fase de apuração. Nós esperamos sair com notícias boas do Ministé­rio Público”, ressalta.

Segundo Leonardo, outra ação prevista para este final de ano é um encontro com o senador Aécio Neves (PSDB), para discutir o recurso pro­metido para fazer adequações no aeroporto de Divinópolis. Segundo o presidente, com as melhorias feitas no local, a empresa de linhas aéreas Azul, se comprometeu a in­cluir voos noturnos, apesar de a empresa ter anunciado esta semana a diminuição no número de voos entre Divinó­polis/Campinas. A empresa passará a operar com apenas três voos semanais, entre 13 de dezembro e 31 de janeiro de 2017. Os voos serão nas segundas, sextas e domingos. “Nós estivemos em Campinas recentemente e a empresa cogitou a possibilidade de colocar mais uma linha aérea em Divinópolis e, assim, pos­sibilitar voos de Divinópolis/São Paulo”, adianta.

Durante a divulgação do balanço, Leonardo disse estar confiante em uma melhora no cenário econômico de Divinópolis neste final de ano. Segundo o presidente da Acid, a crise nacional refletiu diretamente em Divinópolis, e isso pode ser visto com o fechamento de empresas e o aumento no número de de­semprego na cidade. Apesar do cenário negativo, Leonardo ressalta a abertura de várias pequenas empresas e a chega­da de uma rede de supermer­cado ao município. “Essa rede de supermercado contratou 160 funcionários, então, eu acredito que, até o mês de de­zembro, essa balança vai equi­librar, porque tem também as contratações temporárias no período natalino. Esperamos dias melhores”, avalia.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.