sexta-feira, 23 de Setembro de 2016 16:01h Atualizado em 23 de Setembro de 2016 às 16:02h. Carina Lelles

Seminário em Divinópolis debate implantação da Lei Maria da Penha

Com promoção e organi­zação da 1ª Delegacia Regio­nal do 7º Departamento de Polícia Civil, será realizado, em 30 de setembro, o semi­nário para debater os 10 anos de entrada em vigor da Lei Maria da Penha. O evento será no auditório da Faculdade Pitágoras, em Divinópolis, é gratuito e aberto ao público, com início previsto para 8h30.

Segundo o delegado re­gional, Leonardo Moreira Pio, a programação pretende discutir os principais temas envolvendo a Lei Maria da Penha. “Especialmente os fatos nos aspectos jurídico, psicológico e social. Estamos empenhados em trazer para o debate alguns especialistas da área, que vão contribuir para autuação dos profissionais da cidade”, ressaltou.

O delegado comentou que o seminário terá uma ampla abertura para participação dos interessados. “É uma discussão voltada para os operadores do direito, psicó­logos e com atuação direta ou indireta na área. Teremos vá­rios temas dentro do assunto central, como alteração legis­lativa, a figura do feminicí­dio, criminologia, psicologia, violência doméstica, entre outros”, finalizou.

De acordo com o estudo Avaliando a Efetividade da Lei, feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em 2015, a Lei Maria da Penha teve impacto positivo na redução de assassinatos de mulheres em decorrência de violência doméstica.

“Realmente é uma pes­quisa que retrata muito bem a atual situação. Foi um avanço e mostra que fica na mão da própria mulher a responsa­bilidade de procurar a de­legacia e no intuito de ter informações e denunciar. É importante que a mulher tenha conhecimento do que diz a lei. Existem casos em que ela vai precisar solicitar medida protetiva. A violência contra a mulher é uma via de mão única, que, no fim, pode estar a morte”, destacou a delegada de mulheres, Maria Gorete Rios.

A inscrição pode ser feita pelo telefone 3221-7576.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.