Kalil diz que "nem se soubesse' daria receita para Cruzeiro sair da crise

Prefeito de BH também comentou sobre os contaminados por COVID-19 no futebol

01 DEZ 2020

CARLOS HENRIQUE MONTEIRO

O prefeito de BH, Alexandre Kalil, brincou com a grave situação do Cruzeiro que caiu para a segunda divisão; 

“Agora, futebol não tem receita, futebol é feito de fora pra dentro. De mais a mais, se eu tivesse a receita também, não dava. Se eu soubesse...mas eu não sei e também não dava”, 

Ele também traçou um paralalelo entre os rebaixamentos de Cruzeiro e Atlético

"O Cruzeiro é um caso muito diferente, né, e ninguém notou, quem gosta de futebol, porque o Cruzeiro tinha time para ser campeão, elenco para ser campeão, salário para ser campeão e caiu para a segunda divisão, o que é um fato inédito. Quando o Atlético caiu, não! Tinha direção de segunda divisão, salário de segunda divisão, e tudo de segunda divisão, e caiu para a segunda divisão”. disse ele

Kalil também salientou sobre sua contrariedade pela volta do futebol em meio a pandemia. 

“Alguém já ouviu falar de um time que entrou sem dez titulares? Mas por quê? ‘Ah, porque está todo mundo com COVID-19’. E tem que ficar 14 dias [para competições nacionais, são dez dias de isolamento em casos assintomáticos, na verdade]”, disse.

 

“Tem que ficar duas semanas sem dez titulares que não treinam, não fazem parte física e, quando voltarem, são mais 14 dias para poderem voltar ao normal. Então, brincaram com isso. Brincaram com o futebol”, completou.

© 2009-2021. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.