quarta-feira, 10 de Junho de 2015 12:54h

Bancos de Alimentos combatem desperdício

Oficinas regionais realizadas pelo MDS debatem a construção de uma Rede Brasileira de Banco de Alimentos. Região Sul discute o assunto nesta quarta (10) e quinta-feira (11), em Porto Alegre (RS)

Implantados no Brasil há pouco mais de uma década, os Bancos de Alimentos são os mais importantes instrumentos de combate ao desperdício de alimentos. "São alimentos que se encontram fora dos padrões de comercialização, mas mantêm inalteradas suas propriedades nutricionais, não apresentando qualquer risco ao consumo humano", explica a coordenadora-geral de Equipamentos Públicos do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Kathleen Machado.

Assim, aquela verdura que chegou ao final do dia e o feirante não conseguiu comercializar ou produtos doados por supermercados e industrias alimentícias ganham lugar na mesa de milhares de brasileiros que não tem acesso regular à alimentação. Os Bancos arrecadam esses produtos, adequados ao consumo, e os repassam a instituições da sociedade civil sem fins lucrativos que produzem e distribuem refeições gratuitamente.

Para fortalecer esse trabalho de arrecad ação e distribuição dos Bancos de Alimentos, o MDS está promovendo discussões para a construção de uma Rede Brasileira de Banco de Alimentos. E, nesta quarta (10) e quinta-feira (11), será realizada reunião em Porto Alegre com os representantes dos Bancos de Alimentos do Paraná, do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, tanto públicos quanto privados.

Na região, o MDS já financiou a construção de 19 unidades, sendo que 16 já estão operando. Em todo o país, hoje existem 109 Bancos financiados pelo MDS e outros 105 da iniciativa privada. "A Rede Brasileira de Banco de Alimentos busca articular as iniciativas públicas e privadas, de modo a aumentar a capacidade umas das outras a fim de produzir um resultado mais eficaz no que diz respeito ao direito humano à alimentação e à redução do desperdício de alimentos", explica Kathleen.

Inscrições – Podem participar da oficina regional gestores e coordenadores de bancos de alimentos públicos ou privados, apoiados ou não com recursos do MDS. Os interessados devem solicitar a inscrição pelo e-mail cgep@mds.gov.br.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.