quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2015 12:04h

Brasileiro quer conhecer o país de avião e se hospedar na casa de parentes

Intenção de viajar por destinos nacionais cresce no país, revela estudo. Meio de transporte aéreo e casa de familiares estão entre as preferências dos viajantes

O Ministério do Turismo divulga nesta quarta-feira (11) um estudo que revela o perfil do turista brasileiro e sua intenção de viajar pelos próximos seis meses. Entre os destaques da pesquisa estão o crescimento da vontade de conhecer o país, a preferência pelo avião e a hospedagem em casas de amigos e parentes. A pesquisa foi feita em janeiro em sete capitais brasileiras.

O desejo de conhecer o Brasil cresceu em três das quatro faixas etárias pesquisadas. Entre os entrevistados mais jovens, com menos de 35 anos, a intenção de viajar pelo país cresceu mais de 20 pontos percentuais (de 52,1% para 73,8%), na comparação com janeiro de 2014. Já na faixa etária de 35 a 55 anos, o aumento foi de 57,2% para 67,3% no mesmo período. Entre os viajantes com mais de 60 anos a elevação foi de 51,8% para 54%.

“O turismo interno movimenta a economia e contribui para a geração de renda no país”, disse o ministro do Turismo, Vinicius Lages. “O crescimento da intenção de viagem revela, ainda, que os destinos brasileiros estão mais preparados para acolher os viajantes”, afirmou.

Os turistas também estão se hospedando cada vez mais na casa de parentes e amigos. Mais da metade (54%) dos viajantes com até 35 anos usará esse meio de hospedagem na próxima viagem. Entre os que ganham até R$ 2,1 mil, esse valor sobe para 94,6% dos viajantes.

O avião se consolidou como o meio de transporte requisitado por mais da metade dos turistas (58,5%) brasileiros. Os automóveis correspondem a 24,4% dos deslocamentos e os ônibus, a 10,9%. O avião é, ainda, o transporte preferido em todas as faixas de renda e faixas etárias monitoradas.

Entre as capitais pesquisadas pelo Ministério do Turismo, Brasília (DF) foi a que registrou a maior intenção de se deslocar de avião: 82%. Foi o maior índice registrado pela cidade nos últimos cinco anos e o terceiro ano consecutivo em que o percentual cresceu na cidade.

Os moradores de Recife estão à frente de todas as cidades monitoradas pelo Ministério do Turismo quando o assunto é se hospedar em hotéis e pousadas. A maior parte dos viajantes (64,9%) disse que vai se hospedar em hotéis e pousadas na próxima viagem. O percentual é o maior dos últimos cinco anos.

A Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem é realizada em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. Foram entrevistados dois mil moradores de sete capitais: Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Juntas, representam cerca de 70% do fluxo turístico do país.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.