quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2015 12:39h

Búzios (RJ) investe em qualificação profissional para o turismo

Cursos técnicos na cidade devem formar organizadores de eventos e técnicos em guias de turismo regional e de hotelaria

A prefeitura de Búzios, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, está empenhada em melhorar a qualificação dos profissionais que já atuam ou que desejam atuar no mercado turístico. Atualmente são 38 alunos matriculados nos cursos de organizador e recepcionista de eventos, ambos do Pronatec Turismo, programa de qualificação do Ministério do Turismo. Novas turmas estão previstas para iniciar em março.

O setor brasileiro investe na formação técnica dos profissionais ligados ao setor de turismo. Os resultados dessa iniciativa já podem ser notados na qualidade dos serviços de hotéis, restaurantes e demais segmentos do turismo em todo o país - mas especialmente nas condições de trabalho, no salário e na vida de milhares de trabalhadores que concluíram os cursos do Pronatec.

Funcionária de uma pousada na cidade, Luana dos Santos Alves fez o curso de camareira em hotelaria em outubro do ano passado a pedido do dono da empresa. “Tivemos aulas teóricas e práticas. Acho que a qualificação pode render bons frutos, tanto na atividade que exerço atualmente, quanto em empregos futuros”, afirma.

Búzios está localizada a cerca de 200 quilômetros da capital e se destaca pela gastronomia, butiques famosas, shows e festivais culturais, além da arquitetura rústica de uma antiga aldeia de pescadores. São mais de 20 praias com vegetação e características únicas, que atraem turistas do mundo inteiro. A cidade ganhou fama internacional com a visita da atriz francesa Brigitte Bardot na década de 1960 e, desde então, tornou-se um dos destinos preferidos dos estrangeiros: está entre os cinco roteiros mais procurados a lazer.

Outros cursos

Além das vagas oferecidas aos moradores de Búzios pelo Pronatec Turismo, realizadas no Senac, a secretaria de turismo do município abriu inscrições para o curso de técnico de turismo, com habilitação em guia de turismo regional, agente de turismo e agente de hotelaria. São 35 vagas e os alunos terão apenas as despesas com material didático e as viagens para as visitas técnicas.

Após a conclusão do curso, que tem duração de dois anos, o técnico será incluído no sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor de turismo, o Cadastur, do Ministério do Turismo, e receberá a carteira de guia de turismo regional/local. As inscrições vão até o dia 13 de fevereiro.

Pronatec Turismo

Desde o seu lançamento em 2012, o Pronatec Turismo já formou mais de 100 mil pessoas. Atualmente, cerca de 180 mil alunos estão matriculados em 120 municípios do país. O programa oferece 54 cursos. Entre os mais procurados estão o de inglês e espanhol, organizador de eventos, recepcionista em meios de hospedagem e recepcionista de eventos.

Este ano, mais 94 municípios devem ser contemplados pelo programa localizados no entorno de parques nacionais e que detém patrimônios tombados pela Unesco e pelo IPHAN. A previsão para 2015 é de que sejam oferecidas mais de 30 mil vagas em todo o país.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.