segunda-feira, 6 de Abril de 2015 12:09h

Cidades promovem ações de incentivo à prática de exercícios

Cerca de 90 municípios realizarão ações para melhorar a alimentação e reduzir o sedentarismo no Brasil. No país, 49% da população adulta é inativa

Cerca de 90 municípios realizarão ações para melhorar a alimentação e reduzir o sedentarismo no Brasil. No país, 49% da população adulta é inativa

“Da saúde se cuida todos os dias”, esse é o tema da campanha do Ministério da Saúde que marca as ações em comemoração ao Dia Mundial da Atividade Física, lembrado neste domingo (6). Ao todo, 90 municípios promoverão uma série de atividades com o objetivo de chamar a atenção da população brasileira para a importância da prática regular de exercícios, como forma eficaz de evitar doenças e mortes. O sedentarismo está fortemente relacionado ao aparecimento de doenças como o excesso de peso, obesidade, diabetes e hipertensão que hoje afetam 49% da população brasileira.

O tempo gasto em comportamentos sedentários está fortemente relacionado a problemas de saúde. De acordo com estimativa da Organização Mundial de Saúde (OMS), pessoas sedentárias têm entre 20% e 30% de aumento do risco de mortalidade, em especial por doenças crônicas. Por isso, a prática regular de atividades físicas é fundamental para manter corpo e mente saudáveis.

Além dos municípios, a partir deste domingo, oito capitais realizarão ações com foco em promoção da atividade física: Belo Horizonte (MG), Aracaju (SE), Fortaleza (CE), Maceió (AL), Porto Velho (RO), Salvador (BA), Brasília (DF) e Recife (PE). A ideia é sensibilizar a população sobre a importância de promover hábitos saudáveis de vida, como manter uma alimentação saudável e praticar exercícios pelo menos três vezes por semana.

Durante os eventos, serão realizadas práticas corporais e de lazer, como caminhada, passeio ciclístico, jogos e dança, práticas de alimentação saudável, de higiene e saúde bucal, de consumo de cigarro, álcool e drogas, de violência e acidentes e distribuição de material educativo.

SEDENTARISMO – Segundo dados do Ministério da Saúde (Vigitel - Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), em 2013, 33,8% da população adulta das capitais praticavam exercícios. O índice é maior que o de três anos atrás (33,5%), o que aponta para uma tendência de aumento deste hábito.

A prevalência da inatividade física em pessoas acima de 18 anos é um dos indicadores utilizados pelo Ministério para monitorar fatores de risco para as Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT) como câncer, hipertensão e diabetes. De acordo com dados de um estudo divulgado em 2012 pelo periódico The Lancet, o sedentarismo já responde pela redução da expectativa de vida da humanidade de forma tão significativa quanto o tabagismo e a obesidade. São estimadas cinco milhões de mortes por ano em todo o mundo por conta do sedentarismo.

Esse levantamento traçou um perfil da prática de atividade física no mundo e apontou que, no Brasil, 49% da população está inativa, ou seja, realiza menos de 150 minutos de atividade de intensidade moderada por semana. A pesquisa ainda revelou a situação de inatividade física de outros países como Argentina 68,3%, Congo 48,6%, Emirados 62,5%, Estados Unidos 40,5%, México 37,7%, Portugal 51% e Japão 60,2%.

Entre as ações do Ministério da Saúde para incentivar a prática de atividades físicas e hábitos saudáveis na população, está o Programa Academia da Saúde. A iniciativa possibilita a implantação de polos com infraestrutura, equipamentos e profissionais qualificados para a promoção de modos de vida saudáveis. O Programa está implantado em todos os estados brasileiros, em um total de 2.857 municípios.

Confira abaixo a programação a partir de domingo (6) em oito capitais:

BELO HORIZONTE

Local: Cidade Administrativa de Minas Gerais (Rodovia Prefeito Américo Gianetti, S/Nº Serra Verde)
Data: 6 e 10 de abril
Atividades: trilha ecológica, apresentação de muay thai, organização de uma aula de dança e brincadeiras, como amarelinha, pula corda e bambolê, além de palestras com fisioterapeuta, nutricionista e educador físico.

ARACAJU

Locais: UBS, da orla de atalaia, nas escolas estaduais, em igrejas e em 12 polos do Programa Academia da Saúde
Data: 6 a 30 de abril
Atividades: jogos e brincadeiras para as crianças, aulas de dança e ginástica, avaliação e orientação postura.

FORTALEZA

Local: Praça do Ferreira (localizada no centro da cidade)
Data: 7 de abril
Atividades: orientações sobre os dez passos da alimentação saudável, atividades educativas sobre os fatores de risco e proteção para as doenças crônicas não transmissíveis, além de recomendações de atividade física.

MACEIÓ

Local: Praça do Centenário, nas Bases Comunitárias Vergel do Lago e Jacintinho e no SESI – Cambona
Data: 12 e 17 de abril
Atividades: aulas de macroginásticas, zumba e dança; jogos e brincadeiras para as crianças; oficina de higienização e rotulagem de alimentos; feira orgânica e oficina sobre teor de sal e açúcar na comida.

BRASÍLIA
Local: Unidade de Saúde da Família Recanto das Emas
Data: 13 e 14 de abril
Atividades: automassagem e Tai Chi Chuan, pilates para gestantes, caminhada e ginástica.

Local: Parque Jequibá em Sobradinho (DF)
Data: 25 de abril
Atividades: oficina de alimentos e horta, zumba, Lian Gong, palestra de nutrição e oficina de reciclagem.

PORTO VELHO

Local: Centro da cidade
Data: 11 de abril
Atividades: festival de lazer na rua, jogos pebolim e tênis de mesa, danças aeróbicas, jogos com bolas, roda de capoeira, apresentações culturais e medição do Índice de Massa Corporal (IMC).

SALVADOR

Locais: Parque de Pituaçu e SESC Piatã
Data: 12 de abril
Atividades: sessão de alongamento, caminhada, avaliação de peso, estatura, IMC e circunferência abdominal, escovação de dentes, orientações sobre prevenção de DST/Aids, febre Chikungunya, dengue, câncer de mama e de colo de útero, entre outras ações.

RECIFE

Local: Avenida Rio Branco (Centro do Recife)
Data: 12 de abril
Atividades: caminhada orientada, aulão de ginástica, Tai Chi Chuan, jogos populares, orientação nutricional coletiva, mini palestras e entrega de material educativo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.