terça-feira, 12 de Maio de 2015 13:04h

Embrapa é um ativo excepcional, diz ministra

Kátia Abreu participou da entrega do Prêmio Frederico de Menezes Veiga e Embrapa Reportagem

A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) defendeu nesta terça-feira (12) a formação de alianças para fortalecer a pesquisa agropecuária e destacou a que Embrapa é um “ativo excepcional” para o país. Ela participou da entrega do Prêmio Frederico de Menezes Veiga e Embrapa Reportagem.

Kátia Abreu disse que uma das prioridades de sua gestão no Mapa é a realização de alianças entre Embrapa e outras instituições, a fim de captar recursos da iniciativa privada para pesquisa e inovação.

“A Embrapa hoje é um ativo excepcional. Estou descobrindo todos os dias como ministra de Estado o interesse e a voracidade dos outros países em ter parcerias com a Embrapa. Temos a maior disposição e alegria em dividir conhecimento, mas queremos que esses países abram as portas dos seus mercados para os nossos produtos”, reforçou a ministra. “Forneceremos conhecimento, mas queremos, em contrapartida, numa cooperação madura e adulta, que esses países recebam produtos brasileiros sem barreiras sanitárias ou comerciais.”

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.