quarta-feira, 27 de Maio de 2015 14:12h Flávia Villela - Repórter da Agência Brasil

Explosão em prédio no Rio foi causada por má instalação da tubulação de gás

A explosão que destruiu vários apartamentos em um edifício residencial em São Conrado, na zona sul do Rio

A explosão que destruiu vários apartamentos em um edifício residencial em São Conrado, na zona sul do Rio, deixando uma pessoa gravemente ferida, na semana passada, foi causada pela má instalação da tubulação de gás com o fogão, conforme a conclusão preliminar da perícia criminal.

De acordo com o diretor do Instituto de Criminalística Carlos Éboli, Sérgio William, ficou comprovado tecnicamente que a peça que deveria vedar o gás utilizado no fogão não foi rosqueada com a pressão adequada, causando o vazamento.

“A conclusão da perícia é de que o ocorrido foi um acidente. Foram constatados também azulejos sobre azulejos; essas reformas atuais acarretam isso, pois aumentam a profundidade da peça de recepção e impedem a fixação total do rabicho, que é a peça.”

Também ficou constatado que a instalação do equipamento era recente e que o uso do interruptor levou à explosão. “Houve imperícia, negligência e imprudência”, declarou ele.

William também esclareceu que, tecnicamente, não foi constatado indício da presença de nenhum outro indivíduo a não ser o morador do apartamento onde houve o acidente, Markus Miller, que é cidadão alemão e continua internado em estado grave. O laudo final deve ser concluído em aproximadamente 30 dias.

A estrutura do prédio não foi comprometida, mas os apartamentos, áreas comuns e rede de serviços terão de passar por reparos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.