quarta-feira, 8 de Julho de 2015 14:07h

FOCUS LIDEROU O SEMESTRE NO SEGMENTO DE CARROS MÉDIOS HATCH

A Ford liderou o segmento de carros médios hatch no primeiro semestre com cerca de 30% de participação

Em junho, o Focus obteve um resultado ainda superior: cresceu mais de 14% em volume na comparação com o mês anterior e ampliou para 35,4% a sua liderança no segmento. Esse resultado foi ainda mais surpreendente considerando que o crescimento foi obtido com a linha atual, às vésperas da chegada do novo modelo 2016, já apresentado para a imprensa há duas semanas.

"Acreditamos na força deste modelo no mercado, que não apresentou uma oscilação de queda nas vendas com o fato de já mostrarmos o carro renovado. É importante considerar que a versão 2015 já tem uma plataforma global e uma conjunção de performance com custo-benefício. A nossa proposta é continuar a oferecer essa equação de mercado também no lançamento da linha 2016", explica Fernando Pfeiffer, gerente de Produto da Ford.

O Focus Sedan, por sua vez, acompanhou a tendência de crescimento de veículos quatro portas, que vem ocorrendo no mercado brasileiro. Obteve, com a linha 2015, um crescimento de 14% dentro do segmento, que é um dos mais disputados do mercado. A Ford prepara o lançamento da linha 2016, também com aprimoramentos, mas mantendo a reconhecida dirigibilidade e os padrões de qualidade, segurança e conforto que caracterizam o modelo na categoria, que conta com clientes exigentes e bem informados com as tecnologias e tendências globais.

Primeiro carro produzido na América do Sul a receber cinco estrelas de segurança do Latin NCAP, a linha Focus destaca-se também por oferecer equipamentos de tecnologia automotiva não disponíveis em seu segmento de preço. Além disso, tem motorização avançada que permite altos padrões de rendimento, economia de combustível e eficiência para reduzir emissões.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.