terça-feira, 3 de Fevereiro de 2015 11:46h

FORD ECOSPORT TRAZ NOVIDADES E ABRE VANTAGEM NA LIDERANÇA DOS UTILITÁRIOS ESPORTIVOS EM JANEIRO

O Ford EcoSport iniciou mais um ano na liderança dos utilitários esportivos:

Ampliou a sua dianteira frente aos concorrentes com um volume 30% superior ao segundo colocado e uma participação de 34,4%. O modelo já havia terminado 2014 com uma liderança de 32% no segmento.

"O EcoSport vem, a cada ano, se destacando no mercado por ser um projeto moderno que está sempre atualizado. É um veículo que atende uma nova geração de clientes em várias partes do mundo. Em seu segmento no Brasil, nenhum outro veículo é cinco estrelas em segurança e tem o mesmo valor de revenda", diz Andre Leite, gerente de Produto da Ford. "Ele está em constante evolução e ficou ainda mais forte com os novos recursos de conectividade da Assistência de Emergência e do AppLink."

A partir de 2015 toda a linha EcoSport passou a trazer dois recursos adicionais integrados ao sistema de conectividade SYNC: a Assistência de Emergência, que faz uma ligação automática para o serviço de atendimento médico de urgência 192 do SAMU em caso de acidente com o veículo, e o AppLink, que permite acessar  aplicativos de smartphones por comandos de voz.

Disponível nas versões 1.6 e 2.0 Flex, esta última com as opções de transmissão sequencial PowerShift de seis velocidades e 4WD, o EcoSport se destaca pelo projeto avançado e nível de equipamentos. Traz de série itens como direção elétrica, ar-condicionado, vidros, travas e espelhos elétricos, rodas de liga leve, espelhos retrovisores com piscas integrados e bagageiro de teto.

Na lista de opcionais, oferece também controle eletrônico de estabilidade e tração, seis airbags, assistente de partida em rampa, chave com sensor para acesso inteligente e botão de partida Ford Power, ar-condicionado digital, sensor de chuva, faróis com acendimento automático e bancos de couro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.