terça-feira, 28 de Abril de 2015 13:09h

FORD F-150 RECEBE CINCO ESTRELAS EM TESTES DE IMPACTO E TAMBÉM LIDERA EM CONSUMO

A nova Ford F-150 recebeu a classificação mais alta de segurança nos testes de impacto da NHTSA, agência nacional de segurança nas estradas dos Estados Unidos, e também foi apontada como líder da categoria em economia de combustível

Ela foi a única picape grande a conquistar a nota máxima de cinco estrelas em segurança em todos os tipos de "crash tests" - frontal, lateral e capotamento - e em todas as configurações de cabine.

O projeto da F-150 incorpora uma série de avanços, como a aplicação de aço de alta resistência na estrutura e chapas de liga de alumínio de nível militar na carroceria, responsáveis por uma redução de mais de 300 kg no seu peso.

Veteranos em desenvolvimento de produto e pesquisadores da Ford formaram um grupo multifuncional que trabalhou na redução de peso e no projeto do veículo para aumentar a sua durabilidade, desempenho, economia de combustível e resistência a impactos. A equipe criou 31 inovações na área de segurança, incluindo novas estruturas, materiais e métodos de fixação que foram testados com simulação em supercomputadores e depois checados nos laboratórios avançados da Ford para produzir a F-150 mais segura de todos os tempos.

Picape verde
A nova Ford F-150 foi classificada como a picape mais econômica do seu segmento pelo "AAA Green Car Guide", ranking elaborado pelo Centro de Pesquisa Automotiva do Automóvel Clube do Sul da Califórnia, nos EUA. A F-150 Lariat SuperCab com motor 2.7 EcoBoost a gasolina e sistema "Auto Start-Stop" de série aparece no topo da lista, com um consumo médio de 8 km/l na cidade e de 11 km/l na estrada. Os veículos foram avaliados em 13 categorias, incluindo testes de frenagem, economia de combustível, emissões, dirigibilidade e conforto de rodagem.

A F-150 faz parte da Ford Série F, linha de picapes mais vendida da América do Norte há 38 anos consecutivos e líder geral do mercado norte-americano há 33 anos consecutivos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.