segunda-feira, 26 de Janeiro de 2015 09:56h

FORD FAZ O PRIMEIRO EMBARQUE DO MUSTANG PARA A CHINA

A Ford embarcou o primeiro lote do Mustang para a China e outros mercados da Ásia, dando início oficial às vendas globais do modelo. Esta é a primeira vez nos 50 anos de história do Mustang que o carro será vendido fora da América do Norte

A chegada da linha à Europa está programada para o meio do ano. Joe Hinrichs, presidente da Ford nas Américas, destacou que a Ford desde o início teve uma visão voltada para o mercado global. Em 2013, a marca exportou mais de 380 mil veículos Ford e Lincoln dos Estados Unidos.

"Henry Ford exportou a sexta unidade do Modelo A montada em 1903 e continuamos esse legado hoje", disse. "O sucesso do plano One Ford traz oportunidades de crescimento nos mercados globais. A exportação de veículos Ford e Lincoln para a Ásia-Pacífico e outras regiões é uma parte importante da história de crescimento global da Ford. O Mustang é apenas mais um exemplo da demanda internacional por nossos carros e picapes ".

Para exportação
Os Mustangs destinados à exportação passam por uma preparação para garantir o cumprimento das normas dos países de destino. No centro de homologação de cada porto, os veículos recebem retoques finais que complementam o trabalho específico de engenharia realizado na fábrica. Os veículos passam pelo processo de documentação aduaneira e de rastreamento para que a Ford possa garantir o seu acompanhamento e entrega. Alguns veículos recebem um revestimento adicional na parte inferior da carroceria, além de documentos escritos no idioma do país de destino.

"A preparação desses veículos antes do envio ao destino final é fundamental para garantir a satisfação do cliente e o atendimento dos requisitos legais dos diferentes mercados ao redor do mundo", diz Gerald Schoenle, diretor da Ford Trading Company. "Queremos que nossos clientes de todo o mundo saibam que os veículos Ford estão prontos para atender todos os requisitos de emissões, segurança e de rodagem."

A introdução de versões com volante do lado direito é uma das novidades da linha global, permitindo que o Mustang seja exportado para mais de 25 mercados mundiais, como Reino Unido, Austrália e África do Sul.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.