quarta-feira, 19 de Agosto de 2015 13:28h Atualizado em 19 de Agosto de 2015 às 13:29h.

FORD JÁ RODOU 250 MILHÕES DE KM NO CAMPO DE PROVAS DE TATUÍ E CRIA VÍDEO ESPECIAL QUE MOSTRA OS TESTES

A Ford está comemorando o marco de 250 milhões de quilômetros de testes no seu Campo de Provas de Tatuí, no interior de São Paulo

O Campo de Provas de Tatuí é um dos únicos centros de experimentação de carros, picapes e caminhões da América do Sul. Funciona há 37 anos, mas recebeu uma grande inovação para atualizar os mais de 100 diferentes testes práticos realizados no local.


O objetivo foi transformar Tatuí num dos mais modernos campos de provas do mundo. Em suas instalações foram desenvolvidos os dois únicos veículos globais criados na América do Sul: o EcoSport e o Ka, que estão presentes em vários continentes.

Além dos projetos locais, Tatuí responde pelo desenvolvimento e adaptação para a região de outros modelos globais lançados recentemente no mercado brasileiro. Foi assim com o Fusion, líder do segmento, o Edge, a Ranger, o New Fiesta e, agora, o Focus Hatch e o Focus Fastback.

Na área de caminhões, o Campo de Provas da Ford, único do País habilitado para este tipo de veículo, realizou todos os testes da nova Série F, com os modelos F-350, F-4000 e F-4000 4x4. Agora, acaba de liberar mais um futuro lançamento: a linha de caminhões pesados com transmissão automática Ford Cargo.

Como um videogame
A Ford encontrou uma forma criativa e viral para mostrar como são feitos alguns de seus testes em Tatuí. Utilizando o visual característico de um game, o vídeo faz um "passeio" pelas famosas instalações do Campo de Provas, com três carros - Ka, EcoSport e Focus Fastback - e oito fases, cada uma com sua missão. O jogo começa com o Ka no Laboratório de Emissões para verificar a emissão de gases poluentes, com avançados dinamômetros e analisadores. Na segunda etapa, Teste de Ruídos, a meta é melhorar a qualidade sonora do veículo usando o Laboratório Acústico.

Na terceira fase o carro é trocado pelo EcoSport, que vai para o Simulador de Pistas com o objetivo de garantir o conforto em diferentes terrenos. Com o veículo parado, o equipamento é capaz de simular o movimento da suspensão e da carroceria ao passar por obstáculos como lombadas, paralelepípedos e linha de trem.

Depois, entra em cena o Focus Fastback, que testa a sua dinâmica de direção nas três pistas pavimentadas, de alta e baixa velocidade e seção interna. Na quinta fase, a Pista de Rampas, a missão é atingir um bom desempenho em subidas e descidas. Passar com segurança por pistas com pedregulho, água e ondulações é o desafio seguinte. Na penúltima fase, chamada Labirinto, o carro precisa manter a estabilidade em pistas de terra cheias de curvas. A etapa final, nas Colinas, avalia a dirigibilidade e performance em trechos de serra e a parada com segurança em situações de frenagem extrema.

Estrutura completa
As instalações de testes e experimentações de Tatuí estão em uma área de 4,66 milhões de metros quadrados. O complexo é equipado para a realização de testes que incluem desempenho e consumo de combustível, emissões, evaporação, arrefecimento, freios, penetração de água e poeira, cabines de névoa salina, nível sonoro interno e externo, dinâmica veicular, calibração e desenvolvimento de motores e durabilidade. Conta também com uma oficina experimental para a construção de protótipos.

São mais de 50 km de pistas para testes de desenvolvimento e durabilidade que simulam diferentes tipos de ruas e estradas da América do Sul, relacionadas com outros campos de provas da Ford no mundo. Há seções de pistas pavimentadas de alta e baixa velocidade, labirinto, colinas, rampas com diferentes ângulos de inclinação e estradas de terra e lama. O objetivo é garantir que os veículos cheguem ao mercado preparados para atender todos os requisitos de qualidade, funcionalidade e eficiência.

Outra característica importante do Campo de Provas é a preservação ambiental. São 3,63 milhões de metros quadrados de mata nativa e de reflorestamento. Além da flora, com criação de mudas e árvores frutíferas, há uma superproteção para a fauna local. Quilômetros de cerca de proteção com material especial envolvem as pistas para evitar danos aos animais que voltaram a habitar o local.

Grandes marcos
Os 250 milhões de quilômetros rodados fizeram parte do desenvolvimento de dezenas de veículos da marca no Brasil e na América do Sul. Eis alguns dos ícones da Ford que rodaram em Tatuí:
1978 - Corcel II e Belina II, carro médio recordista de vendas
1979 - Primeiro protótipo a álcool, abrindo caminho para os motores com este combustível
1981 - Del Rey, que introduziu o conceito de carros médios de luxo
1982 - Pampa, primeira picape derivada de automóvel
1983 - Escort, primeiro carro global, hoje um conceito largamente difundido
1985 - Linha Cargo, o primeiro caminhão global
1989 - Verona, primeiro carro brasileiro produzido com a mesma plataforma para dois modelos diferentes
1991 - Versailles e perua Royale, símbolos de conforto
1993 - O popular Escort Hobby 1.0
1995 - Caminhão Cargo 4030, de 40 toneladas
1996 - Fiesta, novo compacto da marca
1997 - Ka, primeiro subcompacto do Brasil, e picape Courier
1998 - Nova picape Ranger Cabine Dupla
2000 - Focus, grande sucesso mundial
2002 - Novo Fiesta, primeiro carro produzido em Camaçari, na Bahia
2003 - EcoSport, primeiro utilitário esportivo compacto do Brasil
2004 - Fiesta Sedan, nova opção de compacto premium
2006 - Fusion, referência e líder nos sedãs de luxo
2008 - Novo Focus e crossover Edge
2009 - Novo Fusion
2010 - Novo Ka com cinco lugares
2011 - New Fiesta Hatch de geração global
2012 - Nova geração da picape Ranger e do EcoSport, desenvolvido no Brasil para o mercado global
2013 - New Fiesta global Hatch e Sedan, Fusion Flex, Fusion Hybrid e novo Cargo Extrapesado
2014 - Novo Ka, o "Carro do Ano", e Novo Ka+, compactos globais criados no Brasil, e caminhões da Nova Série F
2015 - Novos Focus Hatch e Focus Fastback 2016, carros médios globais com tecnologias inovadoras.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.