quarta-feira, 3 de Junho de 2015 10:00h

FORD LANÇA ETAPA BRASILEIRA DO "DESAFIO DE MOBILIDADE" PARA BUSCA DE SOLUÇÕES NO TRÂNSITO

A Ford lança no Brasil o seu programa global "Innovate Mobility Challenge", que propõe a busca de soluções para melhorar a mobilidade nas grandes cidades

A etapa brasileira, chamada Desafio São Paulo de Mobilidade, tem como objetivo incentivar a criação de aplicativos que favoreçam a integração no uso dos carros e do transporte público na maior metrópole do País.

Com cerca de 12 milhões de habitantes e 8 milhões de veículos, São Paulo é hoje uma das mais de 25 megacidades globais que enfrentam o desafio de oferecer meios de transporte eficientes e sustentáveis.

Essa iniciativa da Ford é apresentada em um vídeo (veja o link) especialmente criado para explicar a proposta do desafio. As inscrições serão abertas no dia 5 de junho e vão até 8 de setembro. Para os três primeiros colocados, haverá, respectivamente, os prêmios de R$ 30 mil, R$ 20 mil e R$ 7 mil.

"Com o Desafio São Paulo de Mobilidade a Ford está trazendo para o Brasil a estratégia que vai nos ajudar a criar o transporte urbano do futuro", diz Rogelio Golfarb, vice-presidente de Assuntos Corporativos da Ford América do Sul. "Ele faz parte da visão da empresa de ser não só uma fabricante de automóveis, mas também uma empresa de mobilidade, criando novas experiências e modelos de negócios no setor."

A proposta da Ford é avançar na discussão da mobilidade, conhecer a evolução dos hábitos e tendências dos usuários de transporte e desenvolver novas soluções com o uso de sistemas inteligentes e tecnologias de conectividade. "As soluções de mobilidade do futuro virão da combinação de várias tecnologias, geradas por diferentes setores e conectadas com a infraestrutura das cidades. Por isso, estamos buscando ampliar nosso leque de parcerias com os desenvolvedores", completa Golfarb.

Com o "Innovate Mobility Challenge", a Ford tem convidado inovadores e desenvolvedores a criar soluções para desafios específicos de mobilidade nas principais cidades do mundo - como Londres, Lisboa, Los Angeles, Xunquim, Xangai, Bombaim e Johanesburgo. A expectativa para 2030 é que haja 40 megacidades no mundo.

Como participar
Os aplicativos serão selecionados por um júri formado por especialistas da área e haverá também uma eleição pelo voto popular, que dará ao vencedor um prêmio adicional de R$ 2 mil. Como critérios de escolha, serão considerados a qualidade da ideia, principalmente criatividade e originalidade, a implementação do projeto e potencial de impacto.

Tanto as inscrições como a votação serão feitas por meio do site ChallengePost (acessado neste link). Para participar do Desafio São Paulo de Mobilidade é preciso ter no mínimo 18 anos e residir no país. O concurso está aberto também a organizações. Além do app, junto com a inscrição é preciso apresentar um vídeo que demonstre suas funcionalidades e características principais.

O júri será composto por David Borges, supervisor de Soluções em Conectividade da Ford América do Sul; Marcio Nigro, fundador do Caronetas, site de caronas escolhido como uma das 100 inovações para o próximo século pela Rockfeller Foundation; Lincoln Paiva, fundador da Green Mobility e  do Instituto Mobilidade Verde; Ciro Biderman, chefe de gabinete da SPTrans; e Rick Ribeiro, do portal Mobilize - Mobilidade Urbana Sustentável.

O cronograma do desafio seguirá as seguintes datas: verificação de elegibilidade - 9 a 16 de setembro; avaliação do júri e votação do público - 17 a 28 de setembro; e anúncio dos vencedores - 7 de outubro.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.