terça-feira, 26 de Maio de 2015 13:03h

FORD LANÇA O FIGO (NOVO KA) NA ÁFRICA DO SUL

A Ford confirmou que vai lançar o novo Ka na África do Sul no final deste ano. Como na Índia, o veículo será chamado localmente de Figo, mas a oferta de modelos seguirá a mesma configuração do Brasil:

Pela primeira vez, além do hatch a linha contará no país com uma versão sedã. As duas carrocerias terão a opção de motores a gasolina ou diesel, câmbio manual ou automático e serão produzidas na Índia.

            A nova linha desenvolvida no Brasil vai substituir o atual Figo no mercado sul-africano, baseado no antigo Fiesta RoCam, e tem a meta de se tornar uma das mais vendidas no segmento de compactos, apostando na inovação. Entre seus principais atributos, estão qualidades que o consumidor brasileiro já conhece: design moderno e arrojado, tecnologias inteligentes, alto nível de equipamentos, segurança e economia de combustível, com foco no custo-benefício.

"Desde que foi lançado na África do Sul em 2010 o Ford Figo é um produto de sucesso, que no ano passado teve uma participação média de 15% no segmento", diz Tracey Delate, gerente de Marketing da Ford na África. "O novo Figo (Ka) combina estilo contemporâneo e sofisticado, uma nova gama de tecnologias, como sistema de conectividade SYNC, cabine espaçosa e continuará a ter preço extremamente competitivo para ampliar o seu sucesso."

            Na pré-apresentação do carro para a imprensa local, foi destacado o design novo e arrojado, com grade trapezoidal, faróis alongados e spoiler traseiro, além do interior confortável, espaçoso e bem acabado. Sistema de conectividade SYNC com comandos de voz e Bluetooth, chave programável MyKey e ar-condicionado com controle eletrônico serão alguns dos opcionais.

            Na parte de segurança, além de airbags duplos a linha vai oferecer airbags laterais, freios ABS, controle eletrônico de estabilidade e tração e assistente de partida em rampa.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.