quinta-feira, 2 de Abril de 2015 13:09h Atualizado em 2 de Abril de 2015 às 13:13h. Fernanda de Lima

Fortaleza celebra 289 anos com homenagem de banda de forró

Praias, gastronomia e cultura são características marcantes de um dos principais destinos turísticos de sol e praia do Brasil

São quase três séculos de história e um ritmo que contagia o país. A capital Fortaleza completa 289 anos no próximo 13 de abril com uma homenagem especial do Ministério do Turismo. Para celebrar as belezas de Fortaleza - e a paixão pela cidade - os Aviões do Forró, uma das bandas cearenses de maior expressão musical, se declara à capital do sol. “Foi em Fortaleza que demos início a nossa carreira”, diz Solange Almeida, vocalista da banda, que ganhou o título de cidadã da cidade. Em entrevista à Agência de Notícias do Turismo, Solange disse que as praias são maravilhosas, “o povo é acolhedor e a cidade respira o ritmo do forró”.
Fortaleza é a quarta mais visitada pelos brasileiros em viagem pelo país. É também um dos destinos mais procurados por brasileiros e estrangeiros, de acordo com o Ministério do Turismo. Italianos, argentinos, portugueses e norte-americanos estão entre os visitantes internacionais mais vistos pela cidade. A maioria deles (79,5%) pretende voltar ao Brasil. “Fortaleza é um destino admirável, com opções que vão do ecoturismo à riqueza cultural, variedades que agradam a diferentes perfis de viajantes”, disse o ministro do Turismo, Vinicius Lages. O órgão já investiu mais de R$ 24 milhões em obras na cidade.

Suas praias estão entre os principais atrativos da cidade, que tem 34 km de litoral. A Praia do Futuro é uma das preferidas dos banhistas, com calçadão e grande oferta de gastronomia regional. A Praia do Meireles, com quadras esportivas, é indicada para quem procura diversão e a prática de exercícios físicos; já a tradicional Praia de Iracema, uma das mais disputadas por visitantes e moradores, atrai o público com sua feira de roupas, artesanatos, calçados e bolsas.

Fortaleza tem uma série de atrativos culturais, como o Theatro José de Alencar, de estrutura metálica, modelado por vitrais coloridos e com pinturas no teto; o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, com salas de cinema, teatro, um museu de arte contemporânea e um planetário, além do Mercado Central, com uma feira de artesanato e eventos culturais.

A cidade também agrada quem procura por boa gastronomia. Além da culinária local, que inclui baião de dois, carne de sol, moquecas, peixadas e caranguejadas, é possível encontrar restaurantes de comida italiana, francesa, entre outras. Isso se deve, em parte, pela formação da cidade, com grande presença de imigrantes, especialmente de portugueses, espanhóis italianos, ingleses, franceses e sírio-libanesas.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.