segunda-feira, 11 de Janeiro de 2016 09:37h Atualizado em 11 de Janeiro de 2016 às 09:42h.

Ipea mapeia a dinâmica do emprego e da informalidade por setores

Pesquisa que será lançada na quarta-feira, 13, no Rio de Janeiro, analisa o período do 4º trimestre de 2014 ao terceiro trimestre de 2015

Em um cenário de aumento do desemprego e da informalidade no país, a análise do comportamento dos indicadores por setor permite identificar onde estão os maiores gargalos e projetar políticas públicas para a melhoria do mercado de trabalho. É essa a proposta da Nota Técnica "Análise da dinâmica do emprego setorial de 2014 a 2015", que será lançada pelo Ipea na próxima quarta-feira, 13, no Rio de Janeiro, às 10 horas.

A pesquisa analisa a dinâmica do emprego e da informalidade no período de um ano que vai do 4º trimestre de 2014 ao 3º trimestre de 2015, com a utilização de diferentes ferramentas metodológicas, como a análise de indicadores dos fluxos de trabalhadores entre diferentes status ocupacionais. Alguns dos diversos setores analisados são os de comércio, construção, alimentação, serviços domésticos, administração pública, educação e agricultura/pecuária.

Entre as informações apresentadas, estão os setores que mais tiveram variação líquida de empregos e aqueles com maior transição para o emprego informal. O trabalho será explicado pelo coordenador de Estudos e Pesquisa em Trabalho e Renda do Ipea, Carlos Henrique Corseuil, no auditório do 10º andar do Ipea no Rio (Avenida Antônio Carlos, 51, Centro).


Ipea – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.