sexta-feira, 28 de Agosto de 2015 12:40h

Kátia Abreu e Gilberto Occhi tratam de irrigação voltada para classe média rural

Mapa quer desenvolver ações com o Ministério da Integração Nacional nessa área

A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) recebeu nesta quinta-feira (27) o ministro Gilberto Occhi (Integração Nacional) para tratar dos perímetros irrigados mantidos pelo Ministério da Integração Nacional. O Mapa pretende firmar parceria para integrar as ações de irrigação daquela pasta ao programa da classe média rural.

"Podemos nos unir, Agricultura e Integração, para integrar os perímetros irrigados ao nosso programa de ascensão da classe média rural", afirmou Kátia Abreu. Ela acrescentou que, para o Mapa, são prioritárias as áreas que já tem bom potencial de irrigação, com disponibilidade de energia, água, solo, armazenagem e estrada.

Gilberto Occhi demonstrou entusiasmo com a parceria entre as duas pastas e disse que o Ministério da Integração pode auxiliar o programa do Mapa. "Esse é um ponto que queríamos juntar, porque entre a classe média há a questão da capacitação, melhoria da produtividade e do desempenho. Precisamos conferir eficiência energética e hídrica para conseguir eficiência econômica", destacou.

De acordo com o ministro, o Brasil tem potencial para expandir as terras irrigadas em até 61 milhões de hectares, o que equivale a dez vezes o tamanho da área irrigada atualmente. O dado consta do estudo "Análise Territorial para o Desenvolvimento da Agricultura Irrigada", elaborado pelo Ministério da Integração e divulgado em junho.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.