quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2015 14:01h Da Agência Lusa

Libertados três jornalistas da Al Jazeera, detidos por uso de drone em Paris

Os três jornalistas da estação de televisão Al Jazeera, detidos ontem (25) por terem feito voar um veículo aéreo não tripulado (drone) em Paris, foram liberados hoje (26) - informou a agência francesa AFP

São dois britânicos e um belga. Enquanto um controlava o drone, outro filmava e o terceiro assistia, disse uma fonte policial à AFP, revelando que os jornalistas manobravam o aparelho apreendido no Bosque de Bolonha - uma zona alta da cidade de Paris -, e foram detidos ontem (25), por volta das 14h30 (11h30 em Brasília).

O jornalista que manobrava o drone é o único que vai ser julgado em tribunal, em sessão na próxima semana, quando conhecerá sua sentença, já que o sobrevoo de drones sobre a capital francesa é proibido por lei, tendo a segurança na cidade sido reforçada após os ataques terroristas do mês passado contra a redação do jornal Charlie Hebdo.

As detenções dos jornalistas - de 34, 52 e 68 anos - ocorreram num momento em que a polícia francesa está em estado de alerta na sequência de sobrevoos destes aparelhos sobre instalações nucleares (centrais, bases militares estratégicas) da presidência francesa.

Nas noites de segunda-feira (23) e terça-feira (24) foram vistos pelo menos cinco aparelhos drones nos céus de Paris, o que levou à abertura de inquérito judicial. A fonte da AFP, no entanto, não relacionou as detenções a esses fatos.

O repórter que vai a julgamento tem 34 anos, é de origem britânica e integra a delegação da Al Jazeera em Paris. Foi ele quem recrutou os dois colegas, jornalistas independentes, para "fazer uma reportagem sobre a forma como os drones civis estão amplamente disponíveis" no mercado, declarou em comunicado a estação de televisão internacional, baseada no Qatar.

"A Al Jazeera tem orgulho da credibilidade da sua produção, e faz um esforço constante para fornecer informações completas e contextualizadas ao público", acrescenta a nota de imprensa.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.