segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2015 09:47h

Meios de hospedagem aderem ao mercado formal

Albergues foram os que mais evoluíram (32,2%) no ano passado, segundo dados do Ministério do Turismo

O número de estabelecimentos de hospedagem cadastrados no Ministério do Turismo chegou a 7.851 no ano passado, uma evolução de 3,3% em comparação a 2013. Os meios que mais evoluíram foram os albergues (32,2%), com 164 cadastros, e os alojamentos de floresta (26,5%), com 62 cadastros. Os hotéis e as pousadas continuam sendo os estabelecimentos com maior número de registros, com 4.819 e 2.095 unidades respectivamente.

Ao aderir ao Sistema de Cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam no setor do turismo, também chamado de Cadastur, os prestadores de serviço passam a atuar de acordo com as leis brasileiras. Ele é obrigatório para meios de hospedagem, agências de viagem, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, acampamentos, parques temáticos e guias de turismo.

Ao se cadastrar, o profissional ou empresa pode participar de feiras, ações promocionais e eventos realizados pelo Ministério do Turismo, bem como ter acesso a programas de qualificação e linhas de financiamento específicas para o turismo, por meio de bancos oficiais. O cadastro é gratuito.

Ao comprar um produto ou serviço de viagem, o Ministério do Turismo recomenda ao viajante que se certifique do registro regular da empresa ou do profissional no Cadastur. A consulta é aberta no site www.cadastur.turismo.gov.br.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.