terça-feira, 3 de Fevereiro de 2015 11:15h

Ministério do Turismo destaca ações para as Olimpíadas

Em evento de preparação para os jogos olímpicos, Vinicius Lages afirmou que trabalha para tornar mais ágil a concessão de vistos, além de reunir esforços em qualificação profissional e soluções inovadoras para o setor

O Seminário de Turismo Jogos Olímpicos 2016 vai reunir, durante dois dias, no Rio de Janeiro, os principais representantes do setor envolvidos com a preparação do evento internacional. Na abertura do encontro, que aconteceu na manhã desta terça-feira (3), o ministro do Turismo, Vinicius Lages, disse que vai investir em soluções que facilitem o trânsito de turistas pelo país, com medidas para tornar mais ágil a concessão de vistos e os processos de compra de pacotes de viagem, além de priorizar a qualificação profissional e reforçar a importância dos agentes responsáveis pela informação turística.

Também estarão na pauta de discussão os mecanismos para ampliar as redes de comunicação sem fio (wi-fi), os estímulos aos novos empreendimentos do setor, a promoção do Rio e do Brasil no mercado internacional, além dos investimentos em inovação e diversificação da oferta turística.

“A Copa do Mundo foi um sucesso que vamos repetir nas Olimpíadas”, disse Vinicius Lages. Segundo o ministro, a Copa mostrou a capacidade de o país realizar grandes eventos e integrar órgãos públicos e privados. O seminário, afirma, é uma oportunidade para alinhar as estratégias e definir a atuação de cada entidade na reta final de preparação para os jogos.

Para o presidente da Autoridade Pública Olímpica, general Fernando Azevedo e Silva, o governo está avançando na área de infraestrutura e agora é chegado o momento de priorizar a operação e os serviços do setor. “A matriz dos Jogos Olímpicos está muito focada na infraestrutura. Com isso encaminhado, entramos na reta final, quando começam os eventos testes”, disse.

O secretário Estadual de Turismo do Rio de Janeiro, Nilo Sérgio, anunciou que o governo fará o cadastramento dos equipamentos de turismo da capital. “Teremos condições de mapear o que pode ser colocado como oferta para o turista da Olimpíada”, disse. Segundo ele, serão reforçadas também as ações de marketing para divulgar a cidade e o estado.

O diretor-executivo de comunicação do comitê Rio 2016, Mário Andrada, disse que os jogos são uma missão nacional e que o Brasil inteiro vai trabalhar e festejar unido. O representante do Ministério do Esporte Joel Benin avalia que os Jogos deixarão um legado esportivo, a exemplo do que deixou a Copa do Mundo em outras áreas.

Entre as autoridades presentes à abertura, destacam-se, ainda, representantes da Embratur e o secretário Especial de Turismo do Rio de Janeiro, Antônio Pedro Figueira de Mello.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.