segunda-feira, 4 de Maio de 2015 09:50h Atualizado em 4 de Maio de 2015 às 10:28h.

Ministra autoriza venda de milho em balcão nos estados abrangidos pela Sudene

Limite de aquisição por beneficiário/mês será de até 6 mil kg

Com a preocupação de manter o apoio aos pequenos criadores de animais da Região Nordeste, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Kátia Abreu, autorizou, por meio da Resolução nº 2, publicada no Diário Oficial da União (DOU) de quinta-feira (30), a venda de 100 mil toneladas de milho dos estoques públicos para o programa de venda em balcão na região de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). As operações serão conduzidas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), que manterá a oferta nos polos de distribuição em operação na região. 

Esta operação é resultado da proposta aprovada pelo Conselho Interministerial de Estoques Públicos de Alimentos (CIEP), composto pelos ministros da Casa Civil, Aloísio Mercadante, da Fazenda, Joaquim Levy e do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias.

Nesta operação , o limite de aquisição por beneficiário/mês será de até 6 mil kg e o preço da venda deverá ter referência nas cotações do produto no mercado local. A oferta do milho será garantida com a remoção dos estoques de Mato Grosso para os estados consumidores da Sudene.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.