quinta-feira, 19 de Março de 2015 13:20h

Ministra diz à Comissão de Agricultura que o Brasil real está andando

Kátia Abreu passou mensagem de otimismo aos senadores

Durante audiência na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária do Senado, nesta quinta-feira (19), a ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) afirmou que, apesar dos problemas atuais no país, o setor do agronegócio está otimista e que o “Brasil real está andando”.

A ministra afirmou que a política agrícola do país está “madura” e reage bem a eventuais ajustes fiscais. Ela compareceu ao Senado a convite da comissão.

“Ao contrário de pessimismo, tenho recebido empresários sempre querendo ampliar, investir, modelar situações que não estão adequadas para sua produção. São dificuldades pontuais, mas o mundo real está andado”, disse.

Ao lado de secretários do Mapa, Kátia Abreu fez um painel sobre as principais frentes de trabalho do Mapa e os projetos que estão sendo desenvolvidos:

Gestão
A ministra disse que pretende fazer uma gestão eficiente e que o Mapa será um “ministério sem papel”. “Queremos inverter a lógica de que o poder público tem que ser servido. É o contrário, os produtores é quem vão dizer ao Mapa o que ele tem que fazer”, afirmou.

Defesa Agropecuária
“Defesa agropecuária é prioridade máxima do Mapa”, disse a ministra, que informou aos senadores sobre o lançamento do Planejamento Nacional de Defesa Agropecuária, em abril. “Vamos chamar entidades internacionais porque o Brasil está bem em defesa, mas sempre podemos melhorar e vamos mostrar isso ao mundo”, enfatizou.

Classe média
Kátia Abreu destacou a criação da Secretaria Nacional de Mobilidade Social, que dará apoio à ascensão dos produtores. “Nossa obrigação é garantir uma classe média com renda, independentemente do tamanho da terra”, afirmou.

Lei Agrícola
A ministra reafirmou a necessidade de o Brasil ter uma lei agrícola. “Não podemos viver no improviso. Estamos montando um grupo de excelência de técnicos para construir os pilares do projeto para apresentar aos parlamentares”, disse.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.