quinta-feira, 26 de Março de 2015 12:44h

Ministra diz que embargo de maçã e pera argentinas visam segurança do Brasil

Suspensão das importações se deve à presença de traça da maçã em carregamentos

A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) afirmou nesta quarta-feira (25) que a decisão do governo de suspender a importação de maçã, pera e marmelo da Argentina visa resguardar a segurança da produção brasileira. A medida foi tomada devido à presença da praga Cydia pomonella, conhecida como traça da maçã, em carregamentos provenientes daquele país.

A ministra lembrou que o Brasil é o único país do mundo que conseguiu extinguir de forma definitiva a Cydia pomonella das plantações. Ela concedeu entrevista à imprensa após participar de audiência a convite da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados.

“Foi com muito pesar que tivemos de suspender a entrada desses produtos porque nós somos parceiros do Mercosul. Mas, acima de tudo, está a segurança sobre a produção brasileira. Nós demos o mesmo tratamento técnico que os demais países do mundo nos impõem. O Brasil é tratado com rigor absoluto quando tem algum foco ou alguma doença”, declarou a ministra.

De acordo com Kátia Abreu, o Brasil solicitou diversas vezes que o governo argentino permitisse a verificação in loco do planejamento de contingência e mitigação de riscos – fiscalização que é realizada todos os anos. “Mas isso não foi permitido”, lamentou.

“Não tivemos outra alternativa a não ser suspender as importações até que a Argentina resolva nos dar a oportunidade, técnica e legal, de entrar no país e fazer as verificações necessárias”, concluiu.

Durante a audiência na Câmara dos Deputados, o secretário de Defesa Agropecuária, Décio Coutinho, afirmou que o assunto preocupa fortemente os produtores brasileiros. “Não seria justo com nossa produção nem com o serviço de defesa brasileiro permitir a entrada dessa ameaça”, disse o secretário.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.