quinta-feira, 2 de Abril de 2015 13:26h

Ministra reúne produtores do ES para tratar de qualidade do café

Mapa estuda medidas para alavancar exportações do estado

Representantes de produtores de café do Espírito Santo discutiram, nesta quarta-feira (1º), com a ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), formas de melhorar o desempenho das propriedades cafeicultoras daquele estado e aumentar a qualidade do produto.

Kátia Abreu chamou ao Mapa cooperativas e associações de produtores para começar a traçar um plano com o objetivo de aumentar as exportações de café capixaba. O estado vendeu ao exterior 3 milhões de sacas de café em 2014. Em todo o país, esse número foi de 36 milhões.

“O Espírito Santo hoje produz um café conilon de altíssima qualidade. Mas podemos e devemos melhorar a performance dos produtores e incluí-los no nosso programa de aumento da classe média rural”, afirmou a ministra em referência ao plano de ascensão social no campo que está sendo elaborado pelo Mapa. “Vamos escolher produtores rurais que estão abaixo da renda média e dar um empurrão para que eles cheguem lá”, disse Kátia Abreu.

De acordo com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), o café representa 43% de toda a produção agrícola. Pelo menos 80% dos cafeicultores, porém, são familiares e enfrentam dificuldades de capacitação técnica e para acessar mercados.

Entre as medidas discutidas está a criação de uma linha de crédito para aquisição de terreiros, secadores, fornalhas e outros instrumentos usados na pós-colheita. O Mapa ainda estuda elaborar uma cartilha de boas práticas a fim de emitir certificados de qualidade ao café.

A ministra marcou uma nova reunião em 30 dias para voltar a discutir as medidas de apoio ao cafeicultor capixaba.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.