terça-feira, 24 de Março de 2015 12:44h

PBtur e trade negociam com companhias aéreas novos voos para Aeroporto Castro Pinto

Discutir com as companhias aéreas a ampliação do número de vôos diários no Aeroporto Internacional Castro Pinto e participar da 13ª edição do Fórum Panrotas – Tendências do Turismo, em São Paulo

Estas são as pautas da comitiva paraibana que chega nesta terça-feira (24) na capital paulista e retorna somente no sábado (28). Na terça-feira (24), a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, participa do Fórum Panrotas, no Golden Hall do WTC Events Center.

Ela explica que serão dois dias de muitas discussões sobre a conjuntura do turismo nacional, tendo as presenças de gestores públicos e de grandes privadas do país e do exterior. O evento tem apoio da Confederação Nacional do Comércio (CNC). “Serão dois dias de muitas palestras, discussões sobre tendências e conjuntura do turismo nacional. Como somos um destino que busca sua consolidação como uma opção num universo concorrido, é importante buscarmos novidades e experiências positivas”, explicou a executiva paraibana.

Busca por mais voos - Na quinta (26) e sexta-feira (27), a presidente da PBTur vai se incorporar a uma comitiva formada pelo secretário de Turismo de João Pessoa, Bruno Farias; Catharine Brasil, da Prefeitura de Campina Grande; Breno Mesquita, da Abav-PB, e Camilo Juliani, do Convention Bureau de João Pessoa. Eles serão recebidos pelos executivos das companhias aéreas Gol e TAM. Ruth Avelino explica que o objetivo é mostrar a disposição do Governo do Estado em  reduzir a alíquota de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no combustível de aviação, de 17% para 12%. “Queremos que novos voos sejam confirmados para o Destino Paraíba. Desde o ano passado já nos pronunciamos junto às companhias aéreas e queremos reafirmar essa nossa disposição”, garntiu.

Na sexta-feira (27) o grupo tem agendadas  reuniões com executivos da Azul Linhas Aéreas e da Avianca. De acordo com a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, todas as companhias aéreas receberam a proposta do Governo Estado, mas até o momento somente a TAM aumentou os voos diários. Além da redução do ICMS sobre o combustível de aviação, o Governo está oferecendo redução de toda a operação realizada pelas companhias aéreas na Paraíba, caso o número de voos seja ampliado para um índice a partir de 30%. “Pretendemos ocupar os horários ociosos do aeroporto, que atualmente está na casa das 17 horas, segundo informações da administração da Infraero – Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária”, ressaltou Ruth Avelino.

Bom momento para o setor - A executiva paraibana tem como argumento os números positivos apresentados pelo Castro Pinto. Em fevereiro foi registrado um aumento de 17,28% no número de passageiros (embarques e desembarques) em relação ao mesmo período do ano passado. Dados da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária  (Infraero) apontam que o aeroporto recebeu 114.757 passageiros no mês passado, contra 97.847 passageiros em 2014. Nos dois primeiros meses do ano, o Castro Pinto já registrou a presença de 263.395 passageiros. No ano passado, foram 1.327.284 embarques e desembarques.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.