quarta-feira, 28 de Janeiro de 2015 10:43h

Por que os estrangeiros visitam cada vez mais o Brasil

Organização Mundial do Turismo divulga estudo que mostra o aumento na chegada de turistas estrangeiros na América do Sul. Hospitalidade, diversão noturna e gastronomia são os serviços mais bem avaliados pelo público, segundo Ministério do Turismo

O Brasil é um destino que entrou na agenda do turista estrangeiro. Um estudo liderado pela Organização Mundial do Turismo e recém-divulgado pela entidade mostra que o número de turistas que chega à América do Sul cresceu 6% no ano passado, o dobro do crescimento do ano anterior. Em 2013 foram 27,4 milhões de visitantes. Em 2014, esse número subiu para 29 milhões.

Os principais atrativos dos estrangeiros continuam sendo as belezas naturais do país, de acordo com pesquisa do Ministério do Turismo. O último dado fechado sobre a chegada de turistas revela que 5,8 milhões de turistas desembarcaram no país em 2013. Desse total, a maioria era de argentinos (1,7 milhão), seguidos pelos norte-americanos (592 mil) e alemães (236 mil).

“O sucesso da Copa e de grandes eventos recentes se deve, também, à hospitalidade do povo brasileiro”, disse o ministro do Turismo, Vinicius Lages. Segundo ele, a boa avaliação do visitante mobiliza um número cada vez maior de turistas internacionais para o nosso país.

Os estrangeiros que estiveram no país para a Copa avaliaram positivamente a hospitalidade do povo (97,4%), assim como a diversão noturna (93,4%), a gastronomia (93,2%), os restaurantes (92,8) e a informação turística (90,2%).

Para aumentar o número de estrangeiros no país, a primeira lição é atrair os vizinhos de fronteira. De acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT), 80% dos visitantes internacionais são da própria região em que o país receptor está localizado. “A América do Sul é um mercado grande e em crescimento. Temos que trabalhar fatores de competitividade e aumentar as conexões entre os países”, disse Marcio Favilla, diretor executivo de Competitividade, Relações Exteriores e Parceiros da OMT.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.