segunda-feira, 18 de Janeiro de 2016 09:10h Atualizado em 18 de Janeiro de 2016 às 09:20h.

Prévia carnavalesca em João Pessoa movimenta praias e o Centro Histórico da 3ª cidade mais antiga do Brasil

Terceira cidade mais antiga do Brasil, a capital da Paraíba é famosa pela tranqüilidade e belezas de suas praias, ótimas opções para quem busca fugir da agitação dos festejos de Momo

Mas, há 21 anos surgiu o Folia de Rua, prévia carnavalesca que reúne mais de 100 blocos que saem pelas ruas, praias e bairros da capital paraibana reunindo milhares de foliões e turistas.

Em 2016, a prévia termina no sábado (06/02), e de acordo com a Associação do Folia de Rua, o grande homenageado é o bloco Muriçocas de Miramar, que vai completar 30 anos de existência. Criado no ano de 1986 por um grupo de amigos do bairro de Miramar, o Muriçoca cresceu, criou asas e consegue sozinho arrastar mais de 200 mil pessoas pela avenida Epitácio Pessoa em direção à praia de Tambaú.

A programação do Folia foi divulgada nesta semana. Estão confirmados o desfile de mais de 40 blocos carnavalescos entre 29 de janeiro e 6 de fevereiro. A previsão da entidade é divulgar na próxima semana a lista das atrações convidadas a se participarem dos blocos. Outro bloco que chama a atenção é as Virgens de Tambaú pela irreverência e originalidade de seus foliões. Em 2016, as Virgens irão desfilar no domingo, 31 de janeiro, a partir das 16h.

Na sexta-feira (05/02) a noite, quem promete reunir milhares de foliões é o bloco do Cafuçu no Centro Histórico de João Pessoa. O diferencial do bloco são as fantasias de seus integrantes.

 

Durante o Carnaval, tranqüilidade - Passada a agitação, João Pessoa oferece uma ótima infraestrutura hoteleira com mais de 10 mil leitos e modernos meios de hospedagens.

 

Mas são os roteiros de passeios e praias que encantam quem vem em busca de lazer, paz e tranqüilidade. O passeio turístico pela cidade de João Pessoa pode começar com um roteiro para pedestres pelo Centro Histórico da Capital. O turista que optar por este tipo de passeio poderá contemplar cerca de 50 monumentos e localidades históricas que se dividem em ruas, praças, prédios e igrejas. Durante o passeio, os turistas terão contato com diversos estilos arquitetônicos que passam do barroco à arquitetura colonial. Em todos os monumentos há placas indicativas do ano da construção e o estilo arquitetônico.

 

 

O roteiro de caminhada possibilita ao visitante optar pelo passeio pela Cidade Alta ou Cidade Baixa. O Roteiro Cidade Alta contempla os seguintes monumentos: Largo de São Frei Pedro Gonçalves, Hotel Globo, Estação Ferroviária, Memorial da Arquitetura Paraibana, Igreja de São Frei Pedro Gonçalves, Praça Anthenor Navarro, Associação Comercial da Paraíba, Teatro Santa Roza, Praça Pedro Américo, Batalhão da Polícia Militar da Paraíba, Paço Municipal, Grupo Escolar Thomas Mindello, Mirante - Viaduto Dorgival Terceiro Neto, Antiga Biblioteca Pública Estadual, Casa Sobrado de Peregrino de Carvalho, Igreja da Misericórdia, Praça Rio Branco, Casa do Erário, Solar do Conselheiro, Academia Paraibana de Letras, Praça São Francisco, Conjunto Franciscano, Antiga Casa dos Padres, Casa da Pólvora, Antiga Fábrica de Vinhos Tito Silva, Loja Maçônica Grande Oriente da Paraíba.

 

A opção do roteiro Cidade Baixa possibilita o visitante de percorrer as seguintes localidades: Parque Solon de Lucena, Praça Dom Adauto, Igreja de Santa Tereza da Ordem Terceira do Carmo, Igreja de Nossa Senhora do Carmo, Arquidiocese da Paraíba, Casarão 34, Casarão dos Azulejos, Solar do Conselheiro, Academia Paraibana de Letras, Praça São Francisco, Antiga Casa dos Padres, Casa da Pólvora, Antigo Colégio de Nossa Senhora das Neves, Praça Dom Ulrico, Catedral Basílica de Nossa Senhora das Neves, Igreja e Mosteiro de São Bento, Sobrado de Virginius da Gama e Mello, Loja Maçônica Branca Dias, Viaduto Dorgival Terceiro Neto, Antiga Biblioteca Pública Estadual, Casa Sobrado de Peregrino de Carvalho, Igreja da Misericórdia, Antigo Colégio dos Jesuítas, Palácio da Redenção, Praça Venâncio Neiva, Academia de Comércio Epitácio Pessoa, Tribunal de Justiça, Praça João Pessoa.

Turismo ‘Sol e Mar’ – Com tamanho patrimônio cultural, a cidade de João Pessoa encontra espaço para atrair uma série de visitantes pela imensa opção de belezas naturais que todos podem usufruir gratuitamente. As praias e as construções ao longo da beira-mar da Capital são responsáveis por diversos cartões portais da cidade.

 

A avenida beira-mar de João Pessoa tem 35 km de extensão e oferece ao turista 10 praias de águas limpas e calmas. Uma das mais badaladas é a de Tambaú, ponto de partida para o conjunto de corais de Picãozinho, a 700 metros da costa. Na maré baixa, o lugar se transforma numa piscina em mar aberto, perfeita para o mergulho. Outro destaque é a Praia da Ponta do Seixas, o extremo oriental das Américas, onde o dia nasce mais cedo do que em qualquer outro ponto das Américas.

 

Parada quase obrigatória para quem se aventura pela orla de João Pessoa, conhecer a Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes. A imponente construção localizada entre o mar e a mata atlântica é um dos atrativos de destaque da cidade, que além da beleza arquitetônica impressiona pela quantidade de exposições e acervo cultural à disposição.

Um dos mais importantes e visitados cartões postais da cidade é o Farol do Cabo Branco, que fica a 800 metros da Ponta do Seixas e bem próximo à Estação Cabo Branco. Inaugurado em 1972, o Farol do Cabo Branco tem uma forma Triangular única no país. Do Farol o visitante tem uma vista privilegiada e surpreendente de boa parte da orla pessoense.

 

Além das praias, a cidade de João Pessoa tem se consolidado como um dos principais destinos do turismo náutico. São 11 embarcações naufragadas ao longo da Orla. O visitante tem a possibilidade de realizar mergulhos para fazer a visitação embaixo d’água.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.