quinta-feira, 9 de Julho de 2015 12:57h

Produção brasileira de grãos deve crescer quase 60 milhões de toneladas até a safra 2024/2025

Entre os produtos com maior tendência de aumento nos próximos 10 anos, estão soja, trigo e carne de frango

A produção brasileira de grãos deve aumentar quase 60 milhões de toneladas até o final dos próximos 10 anos, segundo estimativas apresentadas na publicação “Projeções do Agronegócio – Brasil 2014/2015 a 2024/2025”, elaborada pela Assessoria de Gestão Estratégica do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (AGE/Mapa) e pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). De acordo com o estudo, já disponível para consulta, a safra do país passará de 200,7 milhões de toneladas, em 2014/2015, para 259,7 milhões de toneladas, em 2024/2025.

Segundo o relatório, os produtos mais dinâmicos do agronegócio brasileiro deverão ser soja em grão, trigo, carne de frango, carne suína, açúcar, algodão em pluma, cana-de-açúcar, maçã, melão e celulose. “O mercado interno e a demanda internacional serão os principais fatores de crescimento para a maior parte desses produtos”, aponta o estudo.

As projeções indicam que a produção de carnes (bovina, suína e aves) deverá aumentar 7,9 milhões de toneladas nos próximos 10 anos. Isso representa um acréscimo de 30,7% em relação à produção de carnes de 2014/2015. Conforme o relatório, as carnes de frango e suína são as que devem apresentar maior crescimento nos próximos anos: 34% para o frango e 35,1% para suína. Já a produção de carne bovina deve apresentar aumento de 23,3% até o final desse período.

Com relação à área total plantada com lavouras (incluindo grãos e outras culturas), as estimativas indicam que ela deve passar de 71 milhões de hectares em 2014/2015 para 82 milhões de hectares em 2024/2025.

Essa expansão está concentrada em soja, com mais de 9,7 milhões de hectares; cana-de-açúcar, com mais 2,3 milhões; trigo, 625 mil e milho, 442 mil hectares.

Matopiba

Ainda segundo o estudo, a região do Matopiba – formada por partes do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia – deverá apresentar aumento elevado na produção de grãos e em área plantada. As projeções indicam que essa região deverá produzir 22,5 milhões de toneladas de grãos em 2024/2025, o que representa aumento de 16% em relação a 2014/2015. A área plantada deverá ser de 8,7 a 11,4 milhões de hectares ao final do período das projeções.

Elaborada anualmente, a publicação “Projeções do Agronegócio” tem o objetivo de apontar possíveis cenários de desenvolvimento e fornecer subsídios aos formuladores de políticas públicas quanto às tendências dos principais produtos agropecuários.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.