sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2015 13:34h Tatiana Alarcon

Profissionais bem preparados são peça-chave para o Turismo

Em encontro virtual, ministro anuncia continuidade do programa de qualificação internacional e estudantes de Turismo e Hotelaria contam a experiência de estudar fora para o futuro da carreira e desenvolvimento do setor

Em videoconferência on-line na manhã desta sexta-feira (27), o ministro do Turismo, Vinícius Lages, disse que tornar o Brasil um destino mais competitivo é um dos principais desafios do Ministério do Turismo. E a boa formação dos profissionais do setor, segundo ele, é a única forma de alcançar este objetivo. Ele esteve acompanhado de dois estudantes que acabam de concluir um curso de qualificação internacional em Turismo e Hospitalidade em universidades da Espanha e do Reino Unido e do coordenador de jornalismo do Canal Futura, José Brito.

A estudante paranaense Mayra Prestes Lima, de 20 anos, e o estudante paulista Fabio Fornari, de 21 anos, participaram do encontro virtual. Eles foram selecionados pelo Projeto de Qualificação Internacional em Turismo e Hospitalidade do Ministério do Turismo, que concedeu bolsas a 112 brasileiros. Entre dezembro e fevereiro eles estudaram temas como inovação, hotelaria, eventos, gastronomia e idiomas. Mayra passou quase três meses na Universidade de Alicante, na Espanha, e se impressionou com a infraestrutura e o preparo dos espanhóis para receber bem os visitantes. Já o estudante paulista Fabio Fornari, que dedicou quase 90 dias a um curso de qualificação no Edinburgh College, na Escócia, disse que boa parte das experiências internacionais podem ser replicadas no Brasil.

Durante a videoconferência, o ministro afirmou que novos países devem ser incluídos na próxima edição do projeto e que os estudantes das regiões Norte e Centro-Oeste serão mais incentivados a participar. “Além de manter a presença no continente europeu, devemos estender a iniciativa em países com alto padrão competitivo, como China, Tailândia, Austrália e países vizinhos do continente americano”, disse. Segundo ele, o Brasil tem um enorme potencial turístico e uma jornada promissora de desenvolvimento.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.