quarta-feira, 27 de Julho de 2016 14:31h Atualizado em 27 de Julho de 2016 às 14:36h. Por Gustavo Henrique Braga e Mariana Oliveira

Profissionais recebem certificados de qualificação para atuarem na Olimpíada

Curso on-line do Ministério do Turismo, em parceria com a RioTur, já tem mais de 8 mil profissionais inscritos no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Salvador, Brasília e Manaus

Os cem primeiros profissionais qualificados para atendimento de turistas durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 receberam na noite desta terça-feira (26), no Rio de Janeiro, os certificados de conclusão do curso. O Secretário Nacional Interino de Qualificação e Promoção do Turismo, Hercy Rodrigues Filho, participou da cerimônia. Cerca de 8,2 mil quiosqueiros, ambulantes,trabalhadores do setor de hospedagem e demais profissionais que atuam no setor estão inscritos na plataforma gratuita de qualificação on-line Canal Braços Abertos.

 

A qualificação é resultado do investimento de R$ 5,9 milhões do Ministério do Turismo e da parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) e com a Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur). Uma nova solenidade de entrega de certificados para os que ainda concluirão às 80 horas de estudo nos próximos dias está marcada para setembro.

O secretário nacional de qualificação e promoção do Ministério do Turismo, Hercy Ayres, destacou a importância do trabalho de qualificação dos profissionais que lidam diretamente com o turista nacional e internacional. Segundo ele, "a capacitação reflete na melhoria do serviço prestado e no aumento da competitividade do Brasil como destino".

 

Já o Diretor Presidente da Riotur, José Carlos Sá, ressaltou que "Esse é um momento importantíssimo para o país e a qualificação é fundamental para fazer da Olimpíada do Rio o evento do século".

 

O curso à distância oferece a possibilidade para os cadastrados desenvolverem os estudos em seu próprio ritmo. Ao todo, são 5 módulos temáticos que reúnem 81 capítulos sobre os mais variados assuntos: hotelaria, manipulação segura de alimentos, combate à exploração sexual de crianças e adolescentes, atendimento aos clientes e comunicação em inglês são os temas principais. O treinamento se estende às cidades que sediarão os jogos olímpicos de futebol - Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Manaus (AM), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

 

 

PERSONAGENS – Denilson Guedes, ambulante há 36 anos, disse estar muito impressionado com a qualidade do curso. "Trabalho há anos na praia de Copacabana e me surpreendi com o conteúdo, porque sempre tem alguma coisa que você não sabe. E o curso tem situações cotidianas, justamente o que me fez aprender nesse tempo todo. Situações como usar língua estrangeira, tratar o cliente, organizar o seu negócio. Eu saí propagando o curso pra todo mundo, barraqueiros, até guardas municipais. E as pessoas se encantaram e acabaram divulgando também, pela excelência dele”.

 

Para o jovem aprendiz, John Silva, o curso foi fundamental para ele entender como atender melhor aos turistas. "Eu aprendi que é preciso ter cuidado nesse atendimento e que podemos fazer toda a diferença na qualidade da experiência dos turistas aqui em nosso país", afirmou.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.