sexta-feira, 17 de Abril de 2015 10:52h Atualizado em 17 de Abril de 2015 às 10:54h. Mariana Gonçalves

Releitura da Bíblia é lançada no Brasil

A necessidade de atualização da Bíblia no que se refere à língua portuguesa fez com que Testemunhas de Jeová se mobilizassem em todo o país para fazer a edição revisada da Tradução do Novo Mundo

Segundo o empresário e testemunha de Jeová, Hugo Parenza, até então, a bíblia utilizada era de 1986. “A linguagem evoluiu muito, por isso precisávamos fazer essa atualização. Não mudamos o sentido da bíblia, até porque isso nem pode ser feito, só deixamos a sua linguagem de fácil entendimento das pessoas”, afirma.
Com base em análises adicionais dos Rolos do Mar Morto e de outros manuscritos antigos, essa revisão também inclui mais seis ocorrências do nome divino: Juízes 19:18; 1 Samuel 2:25; 6:3; 10:26; 23:14; 23:16.  Além disso, a bíblia ganhou algumas características que visam facilitar a busca da leitura desejada como notas de rodapé, introdução à palavra de Deus – que contém textos que respondem a  20 perguntas bíblicas – Apêndice A – considera princípios de tradução da Bíblia, características dessa revisão e o nome divino nas Escrituras – Apêndice B – inclui mensagens bíblicas, mapas, diagramas e outras ajudas para o estudo da Bíblia – e Índice de Palavras Bíblicas, que contém uma lista de palavras e sua localização na Bíblia, além de um pequeno trecho da frase onde a palavra aparece.
A bíblia não é comercializada. Para ter um exemplar é necessário apenas entrar em contato com as testemunhas de Jeová ou então fazer o pedido em qualquer Salão do Reino. A versão em PDF da edição impressa pode ser baixada de graça no site www.jw.org.

MILHÕES DE PESSOAS
No dia 22 de março, durante uma reunião especial realizada no Salão de Assembleias das Testemunhas de Jeová em Cesário Lange, estado de São Paulo, e assistida por mais de um milhão de pessoas simultaneamente por todo o Brasil, as Testemunhas de Jeová anunciaram o lançamento de uma edição da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada. A atual Comissão da Tradução do Novo Mundo da Bíblia tentou refletir as mudanças da linguagem moderna e esclarecer certas expressões bíblicas, deixando o texto mais fácil de ler e entender.

ENTENDA
A organização conhecida hoje em dia como as Testemunhas de Jeová iniciou no estado americano da Pensilvânia em 1870, como uma escola bíblica iniciada por Charles Taze Russell. Russell nomeou seu grupo de “Estudos Bíblicos Aurora do Milênio.”
Ele começou a escrever uma série de livros chamada “Autora do Milênio”, que se estendeu por seis volumes antes da sua morte e que continha grande parte da teologia agora seguida pelas Testemunhas de Jeová. Após a morte de Russell em 1916, Judge J. F. Rutherford, amigo e sucessor de Russell, escreveu o sétimo e último volume da série “Aurora do Milênio”, “O Mistério Consumado”, em 1917.
A Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados foi fundada em 1886 e rapidamente tornou-se o veículo através do qual o movimento “Aurora do Milênio” passou a distribuir suas visões aos outros. O grupo era conhecido como os “russellitas” até 1931 quando, devido a uma divisão na organização, esta foi renomeada “Testemunhas de Jeová”. O grupo da qual se separou ficou conhecido como Estudantes da Bíblia.

 

Crédito: Arquivo Pessoal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.