quinta-feira, 14 de Julho de 2016 16:28h Atualizado em 14 de Julho de 2016 às 16:31h. Agência Brasil

Satisfação de passageiros com aeroportos atinge 86% no segundo trimestre

O nível de satisfação dos passageiros com os 15 principais aeroportos do país atingiu 86% no segundo trimestre de 2016

Os dados, que compõem a Pesquisa Permanente de Satisfação dos Passageiros, foram divulgados hoje (14) pelo ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella.

Os 15 terminais avaliados movimentam 80% dos passageiros do país. No período de abril, maio e junho, o Aeroporto Internacional Afonso Pena, em Curitiba, foi o mais bem avaliado, com nota 4,64 (a máximo é 5). O Aeroporto Santos Dumont (RJ) ficou em segundo lugar, com 4,44; seguido do Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), com 4,40.

 

 

Rio 2016

Já o Aeroporto Internacional do Galeão/Antonio Carlos Jobim (RJ), principal porta de entrada para a Olimpíada Rio 2016, apresentou queda nos resultados em relação à pesquisa anterior e recebeu nota 3,91, ficando em 13º lugar entre os 15 avaliados. A meta estabelecida pela Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero) é 4.

De acordo com o ministro, a nota do Galeão se deve à realização de obras no período pesquisado. “O Galeão apresentou uma pequena queda, mas ela é dada pelos nossos avaliadores como absolutamente normal já que ele passou agora por um período de obras”, disse. Segundo Quintella, os dados que estão sendo recolhidos atualmente já mostram melhoras na avaliação do aeroporto carioca. “E já na avaliação desse trimestre, pelos primeiros dados que chegaram à Secretaria de Aviação Civil, já demonstram que o Galeão volta a subir na percepção de qualidade” disse.

 

 

Segundo Quintella, os aeroportos que vão receber os viajantes da Rio 2016 estão preparados para a demanda. “Posso garantir a quem vai ao Rio do Janeiro que estamos absolutamente preparados para prestar o melhor serviço. Não só em relação ao conforto, à segurança, mas também em relação a todo tipo de operação”, disse Quintella. “O Brasil está pronto, do ponto de vista de aeroportos, para as Olimpíadas. Sem dúvida nenhuma”, completou.

Na pesquisa, respondida por uma amostra de mais de 13 mil passageiros, o último colocado foi o Aeroporto de Cuiabá, que recebeu nota 3,36. “A pesquisa é um grande indicador e uma grande fonte de informações para que os gestores possam melhorar cada dia a sua gestão. Cuiabá tem um problema específico porque é um aeroporto que ainda está em obras, em obras a muito tempo, com problemas”, justificou o ministro.

 

 

Operação-padrão

Perguntado se a operação-padrão realizada hoje por auditores-fiscais da Receita Federal em aeroportos, portos e postos de fronteiras, o ministro disse que a ação preocupa o governo por causa da proximidade da Olimpíada, que começa daqui a menos de um mês.

“Em relação a operação-padrão da Receita, claro que ela preocupa. Os servidores da Receita alegam que há pendências em relação ao Ministério do Planejamento, mas isso está sendo negociado no âmbito ministério e a gente espera que seja resolvido o mais rápido possível para que não haja nenhum impacto durante a Olimpíada”, disse.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.