quarta-feira, 17 de Agosto de 2016 12:27h MAPA

Setor produtivo e parlamentares pedem a renegociação das dívidas de agricultores do ES

Ministro Blairo Maggi disse que vai defender a reivindicação junto à área econômica do governo

Parlamentares, representantes do setor produtivo e do governo federal foram recebidos pelo ministro Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) nesta terça-feira (16), em Brasília. Eles pediram a renegociação das dívidas dos produtores do Espírito Santo. Por causa da seca dos últimos três anos, os agricultores vêm enfrentando quebras de safra. Segundo relato dos participantes da reunião, municípios capixabas perderam em média 40% da produção de café.

“O Ministério da Agricultura se empenhará no pedido do setor. Vamos defender a renegociação das dívidas junto aos ministérios da Fazenda e do Planejamento para que a gente possa ter a aprovação do Conselho Monetário Nacional”, disse o ministro Blairo Maggi. Ele afirmou que haverá critério para atender as áreas com maiores prejuízos. E informou que a proposta de renegociação das dívidas será avaliada pela equipe técnica do Ministério da Agricultura e deverá ser encaminhada ao Conselho Monetário Nacional ainda este mês. O secretário de Política Agrícola do Mapa, Neri Geller, informou que também será incluída a renegociação de dívidas dos agricultores da região do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), que também foi atingida pela estiagem.

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, também participou da reunião e lembrou que o país teve uma queda na arrecadação. “No entanto, vamos buscar alguns mecanismos para amenizar a dificuldade de pagamento dos produtores”.

O senador Ricardo Ferraço (PSDB/ES) ressaltou que a agropecuária tem alavancado a economia do país, apesar de ser uma atividade vulnerável às adversidades climáticas. Segundo ele, a seca no Espírito Santo é a maior dos últimos 80 anos.

A audiência também contou com participação da senadora Rose de Freitas (PMDB/ES), o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, e o secretário adjunto de Política Agrícola e Meio Ambiente do Ministério da Fazenda, Ivandré da Silva.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.