segunda-feira, 19 de Janeiro de 2015 09:17h Da Agência Brasil

Temperatura no Rio deve continuar alta até quarta-feira

As altas temperaturas deste início de ano no Rio de Janeiro, influenciadas por massas de ar quente e seco, devem permanecer até a próxima quarta-feira (21) na capital fluminense, quando está prevista a chegada de uma frente fria de baixa intensidade

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas mínima e máxima previstas para hoje ficarão entre 22 graus Celsius (°C) e 38°C, com céu claro e sem previsão de chuva.

Até agora, a máxima de 2015 é 40,9°C, registrada no último dia 2. No sábado (17), a sensação térmica, conforme o Inmet, foi registrada  em Guaratiba, onde a temperatura chegou a 46°C. Para o meteorologista Lucio de Souza, chefe do Inmet, o calor execessivo, agravado pela sensação térmica ainda maior, varia de acordo com o efeito combinado entre a temperatura do ar e a umidade do ambiente. “Quanto maior a umidade relativa do ar, maior a sensação térmica sentida pelo corpo, causando maior transpiração para baixar a temperatura”, disse.

De acordo com o meteorologista, o carioca não deve esperar grandes alterações climáticas neste início de semana. Acrescentou que, até o fim da semana, será possível conviver com temperaturas mais brandas, mas ainda elevadas.

“O calor excessivo, a falta de chuva e o ar seco são consequências de um bloqueio atmosférico que tem mantido as frentes frias longe do estado e de parte da Região Sudeste. De quarta e quinta-feira (22), a situação deve mudar e a temperatura, cair. Ainda assim, o carioca terá de conviver com temperaturas elevadas, de 36ºC para 37ºC.

O Alerta Rio (sistema de alarme da prefeitura) informa que amanhã (20) o calor deve prevalecer, com céu claro a parcialmente nublado e termômetros chegando novamente aos 39°C. Na quarta-feira, o tempo deve mudar, com máxima de 37°C. A partir de quinta-feira, pode haver pancadas de chuvas isoladas no fim das tardes, com a temperatura variando entre 22 e 36 °C.

Com as altas temperaturas, profissionais que trabalham com atividade física recomendam cautela ao alunos, principalmente aos que praticam musculação e atividades aeróbicas. O professor de educação física Paulo Roberto Machado pede que os alunos evitem a prática durante os períodos de maior incidência de sol.

“As academias devem ser frquentadas nas primeiras horas do dia ou no início da noite. Sei que muitos não podem vir nesses horário. Então, lembro da importância de beber muita água e optar sempre por uma alimentação leve e balanceada, procurar consumir frutas da época, como melão e melancia, além de legumes e verduras.”

Informações do Instituto Nacional de Meteorologia indicam que, ano passado, a temperatura máxima durante o verão foi registrada na Vila Militar, zona oeste da capital, onde, no dia 13 de outubro, os termômetros registram 41,6ºC.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.