sexta-feira, 16 de Setembro de 2016 12:35h Ministério do Turismo

Turistas estrangeiros e brasileiros aprovam Jogos Paralímpicos no Rio

De acordo com estudo do Ministério do Turismo, 90,5% dos visitantes internacionais afirmaram ter a intenção de voltar ao Rio de Janeiro. As melhores avaliações do país foram em relação aos restaurantes, gastronomia e alojamento.

Antes mesmo do término dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 já dá para afirmar que a competição foi um sucesso. A conclusão é possível graças aos resultados preliminares de pesquisas realizadas com brasileiros e estrangeiros pelo Ministério do Turismo. Quase 60% dos turistas internacionais entrevistados entre os dias 08 e 13 de setembro visitavam o Brasil pela primeira vez. A pesquisa internacional revelou que 90,5% dos entrevistados têm intenção de voltar ao país e para 87,8% a viagem atendeu ou superou as expectativas.

A realização da Paraolimpíada foi o motivo da viagem para 54,1% dos ouvidos. Assim como o verificado nos Jogos Olímpicos, os Estados Unidos seguem como principal emissor de turistas (18,2%), seguido da Espanha (15,5%), Argentina (6,1%), França (6,1%) e Alemanha (5,4%). Espanha e Alemanha aparecem na lista dos cinco maiores emissores, diferentemente da Olimpíada.

“Os números positivos comprovam o grande êxito dos jogos. Se antes da competição já acreditávamos que o Turismo seria o grande legado para o país, agora temos a convicção de que os bons resultados obtidos nesse período apresentaram para o mundo as belezas naturais e a incrível riqueza cultural que fazem do Brasil um excelente destino. Ficou claro, também, que estamos cada vez mais preparados para atender nossos turistas que apontam a hospitalidade como principal destaque na avaliação”, afirmou o ministro interino do Turismo, Alberto Alves.

Entre os serviços mais bem avaliados pelos turistas que ficaram, em média, 10,8 noites e gastaram cerca de US$ 87,86 por dia, estão: restaurantes (98,5%), gastronomia (97,1%), alojamento (96%) e diversão noturna (95,7%). Já em relação à competição, os itens mais bem avaliados foram: preços dos ingressos (95,3%), organização geral (93%) e infraestrutura (85,9%).

Os estrangeiros aproveitaram a passagem pela cidade-sede dos jogos para conhecer também outros 33 destinos brasileiros, ampliando sua experiência no país. Mais uma vez, a política de isenção de vistos para americanos, japoneses, australianos e canadenses se mostrou eficaz e 56,5% dos entrevistados afirmaram terem feito uso da dispensa. De acordo com 82,6% dos entrevistados, a manutenção da iniciativa, que encerra em 18 de setembro, facilitaria o retorno ao país. 

DEMANDA DOMÉSTICA - Entre os turistas brasileiros, a pesquisa constatou que 43,2% viajaram ao Rio de Janeiros motivados pelos jogos e que 22,6% jamais tinham visitado a capital fluminense. A maioria dos visitantes brasileiros veio da região Sudeste (60,9%), seguido do Sul (16%), Nordeste (12%), Centro-Oeste (8,1%) e Norte (3%).

Ainda segundo o estudo, os brasileiros ficaram, em média, 6,7 noites, com gasto diário de R$ 278,08. Durante o período, 82,6% dos turistas afirmaram ter feito alguma atividade turística durantes a competição e citaram praias, museus e centros de compra. Além disso, 17,5% afirmaram ter realizado algum tipo de atividade turística em cidades próximas como Petrópolis, Búzios, Cabo Frio, entre outros. Para 99% dos brasileiros a viagem atendeu ou superou as expectativas e 95,5% afirmaram ter a intenção de voltar ao Rio de Janeiro.

 

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.