Operação Mecanismo combate subtração de veículos em Nova Serrana.

24 JUN 2021

Em ação conjunta, as polícias Civil de Minas Gerais (PCMG) e Militar de Minas Gerais (PMMG) deflagraram, na manhã desta quinta-feira (24/6), a segunda fase da operação Mecanismo, que visa à repressão a crimes patrimoniais, em especial furto e roubo de veículos de alto padrão na região de Nova Serrana, Centro-Oeste do estado. Somadas, as duas etapas resultaram no cumprimento de 21 mandados de prisão e 29 mandados de busca e apreensão.

A operação é um desmembramento de investigações que tiveram início em maio deste ano, a partir de furtos e roubos de cofres em estabelecimentos comerciais na cidade de Nova Serrana. Conforme apurado, para o cometimento dos crimes, eram utilizados veículos furtados e roubados. Como desdobramento das apurações, foi realizada, no mês passado, a primeira fase da Mecanismo.

De acordo com a delegada responsável, Thaís Santos Duarte, o trabalho investigativo indica a existência de um esquema criminoso voltado à prática de crimes contra o patrimônio na região. “Após algumas semanas de investigações, conseguimos identificar e qualificar diversos membros desse grupo criminoso”, pontua.

Durante o cumprimento das buscas realizadas hoje, as equipes apreenderam aparelhos celulares, notebook e pen drive, que serão analisados pela PCMG em continuidade às investigações. Já os presos, após os procedimentos na Delegacia Regional de Polícia Civil em Nova Serrana, foram encaminhados ao sistema prisional, onde se encontram à disposição da Justiça.

© 2009-2021. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.