sexta-feira, 20 de Maio de 2011 13:04h Venilton Ferreira

Acidente envolvendo três veículos provoca morte na MG 260

A causa pode ter sido uma ultrapassagem proibida

Um acidente envolvendo três veículos no início da noite desta quarta-feira (18) causou a morte de uma pessoa e ferimentos em outra na rodovia MG-260, próximo à cidade de Cláudio.


De acordo com Bruno de Freitas Morais, 29 anos, motorista do Del Rey Belina, de Cláudio/MG, o Fiat Uno Mille de cor verde, também de Cláudio, que transitava em sentido contrário, tentou uma ultrapassagem em local proibido. Bruno desviou para o acostamento, porém o Fiat/Uno abalroou a lateral traseira esquerda de seu veículo e consequentemente colidiu na traseira de uma pá carregadeira MICHIGAN-55C, que transitava no mesmo sentido do Fiat Uno. O condutor da pá carregadeira Carlos Junio Pereira Toledo Salomé de 20 anos, confirmou a versão de Bruno. O Fiat Uno era conduzido por Luiz Alberto de Freitas, 47, e tinha como passageira C.F.S., 15 anos. Luiz Alberto não deu sua versão para o acidente, pois se encontrava inconsciente e com ferimentos graves. Ambos foram socorridos pela ambulância da Santa Casa de Misericórdia de Cláudio. A jovem não resistiu aos ferimentos e veio a falecer naquele hospital e o condutor ficou internado.


Foi constatado que Carlos Junio possui carteira de habilitação B, portanto categoria diferente da exigida para conduzir a pá carregadeira, veículo este que não poderia estar transitando pela rodovia. A pá carregadeira foi apreendida e removida para o pátio do socorro de Cláudio. Foi dada voz de prisão em flagrante ao condutor por crime de trânsito e conduzido à 21ª DRPC, em Divinópolis. As Carteiras de Habilitação - CNH dos condutores Luiz Alberto de Freitas e Carlos Junio Pereira T. Salomé foram recolhidas e os demais veículos liberados. O condutor da pá carregadeira assinou o Termo Circunstanciado de Ocorrência na delegacia de Divinópolis e foi liberado.

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.