sexta-feira, 23 de Novembro de 2012 04:00h Erik Ulysses

Acidente na BR-494 deixa um morto próximo a Marilândia

Hilton Ivo, também chamado de “primo”, era natural de Divinópolis e morava na comunidade de Buriti. Além de comerciante, ele era motorista da empresa de ônibus Exdil e fazia a linha Divinópolis/Buriti.

Um acidente na manhã de ontem na BR-494 próximo a Marilândia deixou um homem morto. O fato aconteceu por volta de 11h30 na altura do km 46 da rodovia e envolveu um caminhão e uma camionete Strada de cor prata e com placa de Divinópolis. O condutor da camionete, Hilton Ivo de Oliveira, de 47 anos morreu na hora. O motorista do caminhão não teve ferimentos.

 


De acordo com o cabo Roberto Gonçalves, da Polícia Militar Rodoviária, o motorista do Fiat Strada que ia para Divinópolis invadiu a contramão e se chocou contra o caminhão. “O acidente de acordo com levantamento feito por nós e de acordo com relatos do condutor do caminhão, o Fiat Strada transitava no sentido Marilândia/Divinópolis e na altura do km 46 invadiu a contramão da direção e colidiu frontalmente com o caminhão que transitava no sentido contrário” afirmou. O cabo Roberto contou que o caminhoneiro disse ter tentado desviar do veículo, mas não conseguiu. O caminhão saiu da pista e parou próximo a uma plantação de eucaliptos.

 


Ainda não é possível saber o que fez com que o motorista invadisse a pista contrária, hipóteses como ele ter passado mal ou ter perdido o controle do veículo não estão descartadas. De acordo com um amigo da vítima, que estava no local, na quarta-feira ele teria dito que não queria mais viver. Ele acredita que Hilton possa ter cometido suicídio. Já familiares da vítima acreditam que ele possa ter dormido ao volante já que ele é comerciante e trabalha muito durante a noite.

 


Hilton Ivo, também chamado de “primo”, era natural de Divinópolis e morava na comunidade de Buriti. Além de comerciante, ele era motorista da empresa de ônibus Exdil e fazia a linha Divinópolis/Buriti.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.