segunda-feira, 13 de Janeiro de 2014 12:58h Luiz Felipe Enes

Acidente na BR-494 mata três jovens suspeitos de assaltar casa noturna

O carro conduzido por um dos suspeitos bateu de frente com um microônibus que levava pacientes para a hemodiálise em Divinópolis

Três rapazes suspeitos de assaltarem uma casa noturna em Martinho Campos morreram em um grave acidente próximo ao trevo de acesso a Divinópolis, na BR-494, na manhã dessa sexta-feira (10). A batida entre um carro e um microônibus também deixou sete ocupantes feridos. Todos eles vinham de Oliveira, pois iriam fazer hemodiálise no Hospital São João de Deus. 
De acordo com a Polícia Militar Rodoviária, o motorista de um Honda Civic dirigia em alta velocidade pela rodovia, quando próximo ao trevo de acesso ao bairro Jardinópolis, perdeu o controle da direção, invadiu a contramão e bateu de frente com o microônibus. Com o impacto da batida, os três ocupantes do carro foram jogados para fora do veículo. Morreram na hora Alexandre Pimentel dos Santos, de 20 anos e outros dois jovens que ainda não foram identificados.
O microônibus parou do outro lado da pista, em cima de um canteiro. Uma passageira chegou a ser arremessada para fora. Ela fraturou o abdômen e a perna e foi levada para Unidade Pronto Atendimento e depois, conduzida ao Hospital Santa Mônica. Os outros seis passageiros sofreram ferimentos e escoriações. Unidades do Corpo de Bombeiros estiveram no local e levaram as vítimas até a UPA Central de Divinópolis.
Por meio de uma nota, a UPA Central informou que os seis passageiros do microônibus foram atendidos, medicados e liberados para a hemodiálise. O motorista do ônibus não sofreu ferimentos e aguardou a chegada da perícia no local. Ele contou que o carro estava em alta velocidade na hora do acidente.
“Estávamos chegando em Divinópolis, vindo de Oliveira, e até então estava tudo tranquilo, mas de repente, ele [o carro] passou de uma vez em alta velocidade, bateu no ônibus, que rodou a pista e só foi parar do outro lado. Saímos de Oliveira todos os dias, por volta de 4h30 e fazemos este trajeto”, relata o motorista do microônibus Francisco Martins.
Durante a consulta a dados do veículo no qual estavam as três vítimas fatais, a Polícia Militar constatou que o carro que estava com placa de Itaúna havia sido roubado em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, entretanto a placa que estava no Honda Civic pertencia a outro veículo, modelo Fox. A perícia foi acionada e compareceu no local do acidente. Dentro do carro foi localizada uma escopeta de calibre 12, além de duas munições. A polícia também encontrou substâncias similares a entorpecentes.
Segundo capitão Elias, da Polícia Militar Rodoviária, existe a suspeita de participação dos rapazes em um assalto, próximo a Martinho Campos. “Houve um assalto nesta madrugada em Ibitira, distrito de Martinhos Campos, mas ainda não está confirmado, até mesmo porque as vítimas morreram. O rapaz identificado por Alexandre tinha passagens por roubo e envolvimento com drogas. No carro foi encontrada uma escopeta, já danificada por causa do acidente e encontramos materiais semelhantes a drogas. Esse acidente foi grave e o motorista do microônibus teve bastante cuidado, pois conseguiu evitar que o acidente tomasse proporções maiores”, acrescenta. 
PARTICIPAÇÃO EM ASSALTO
Agora a polícia vai investigar se o trio morto no acidente teve participação no assalto de uma casa noturna, no distrito de Ibitira, em Martinhos Campos na madrugada desta sexta-feira. De acordo com a Polícia Militar da cidade, cinco suspeitos estavam em um carro com as mesmas características do Honda Civic, envolvido no acidente, quando chegaram a uma casa noturna. Todos os cinco ocupantes entraram no local, se envolveram com garotas de programa e depois, um deles armado, anunciou o roubo.
“Foram levados da casa noturna R$ 520 em dinheiro e uma garrafa de bebida alcoólica. Testemunhas relataram que cinco rapazes teriam participação no assalto. Três morreram em Divinópolis e agora seguimos em rastreamento pela região, no objetivo de localizar os outros dois suspeitos de participar do assalto”, explica o Tenente da Polícia Militar, Sérgio Gomes.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.