segunda-feira, 16 de Setembro de 2013 05:45h Luiz Felipe Enes

Acidentes de trânsito envolvendo motociclistas aumentam em Divinópolis

De segunda a sexta-feira, oito colisões envolvendo motociclistas ocorreram na região. A maioria, sem gravidade, porém a situação sugere estado de alerta

Há vários dias, motoristas, usuários e pedestres das ruas de Divinópolis tem percebido um ligeiro crescimento nos números de acidentes envolvendo, em grande parte motociclistas. Somente nesta semana, cerca de oito casos foram registrados na cidade. O perfil não varia, e a imprudência continua a fazer mais vítimas.

Na avenida Antônio Olímpio de Morais, cruzamento com a rua São Paulo, uma colisão entre um carro e uma moto deixou dois feridos ontem. Na terça-feira (10), outro acidente, no mesmo local também foi registrado. Um homem e uma mulher caíram e sofreram ferimentos leves. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o condutor da moto teve algumas escoriações e foi encaminhado ao Pronto Socorro Regional. Já a passageira, bateu com a cabeça e foi levada para o Hospital Santa Mônica. Ainda segundo os Bombeiros, o estado poderia ter se agravado, mas graças ao capacete, o impacto foi menor.

Também nesta semana, além dos dois casos na avenida Antônio Olímpio, na ponte do Niterói, outros dois acidentes envolvendo motociclistas foram registrados. Próximo dali, na avenida J.K, no bairro Santa Clara, uma outra batida, também envolvendo um carro e uma moto deixou o trânsito praticamente parado no sentido Centro/Rodoviária por volta das 19h da última quinta-feira (12). A condutora da moto foi socorrida com lesões no joelho e levada ao Hospital Santa Lúcia.

PREVENÇÃO DE ACIDENTES

O grande fluxo de veículos nas ruas é o sinônimo de tamanho caos no trânsito de grandes cidades, como Divinópolis. O Corpo de Bombeiros fornece orientações importantes para prevenir acidentes, seja de carro, moto ou qualquer outro veículo que trafegue nas vias. Uma das primeiras orientações é sempre respeitar a sinalização. Outro fator principal é usar instrumentos dos próprios veículos, que orientam mudanças de faixa, como utilizar as setas. Obediência nas vias é essencial para que o tráfego siga normalmente. Evitar fazer o uso de entorpecentes e bebidas alcoólicas também.

MORTES ENVOLVENDO ACIDENTES DE TRÂNSITO

Uma pesquisa realizada pelo instituto Sangari, do Estado de São Paulo, aponta que os acidentes que envolvem motocicletas cresceram de forma absurda nos últimos dez anos. Os dados são nacionais e comprovam que 13.452, somente no ano de 2010, envolviam condutores de motos.

Os dados revelam que as motos mataram mais que os carros, que ficaram em segundo lugar na pesquisa, com 11.405 mortes, e na maioria dos casos, envolve homens. Os jovens entre 20 e 24 anos fazem parte das estatísticas, como a faixa etária de maior impacto. Em dez anos, aumentaram 41% as mortes envolvendo motociclistas.

As indenizações por morte, envolvendo o seguro de trânsito, o DPVAT, em Minas Gerais, até julho deste ano, chegou a 2.784 solicitações, ficando atrás apenas de São Paulo. As solicitações de danos por acidentes não fatais no trânsito, também ficam em segundo lugar. No ano passado, chegaram a 215.530 solicitações.

acidentes, transito, envolvendo, motociclistas, aumentam, divinopolis

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.