terça-feira, 15 de Março de 2016 10:30h

Adolescente envenenada pela mãe continua internada em estado grave

Está internada em estado grave, desde a última quarta-feira (09), uma adolescente, de 17 anos, que foi envenenada pela própria mãe em Divinópolis. A mulher também bebeu o veneno, mas não corre risco de morrer

De acordo com informações da Polícia Militar, os policiais foram acionados no Hospital Santa Lúcia pela médica Chefe do Centro de Tratamento Intensivo (CTI), que contou que a adolescente deu entrada no Pronto Socorro da unidade, na noite de quarta-feira, em estado grave, vítima de envenenamento. Ela foi levada para o CTI inconsciente, onde foi ligada a aparelhos e corre risco de morte.

 


Ainda de acordo com informações da Polícia Militar, foi o irmão da vítima que a levou para o hospital após ela passar mal. O pai da vítima, que está separado da mulher há cerca de três anos, contou que a mãe dela também havia sido envenenada e que estava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA).
Na UPA, os militares conversaram com a mulher, de 41 anos, que contou que fez um suco e colocou o veneno, oferecendo um copo à filha e, logo em seguida, também bebeu o suco. A mulher passou mal primeiro e ainda foi socorrida pela filha, que passou mal horas mais tarde.

 


A mulher ainda contou que cometeu tal ato por estar passando por dificuldades financeiras. A reportagem entrou em contato com a Delegacia de Polícia Civil para saber como andam as investigações, mas, até o fechamento desta edição, nenhum responsável pelo caso foi localizado.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.