quarta-feira, 16 de Março de 2016 10:42h

Adolescente morre baleado e amigo fica ferido em Pompéu

Um adolescente, de 16 anos, morreu após ser baleado no bairro Celino Campos, em Pompéu, no início da noite desta segunda-feira. O amigo, de 18 anos, que estava com ele, também foi atingido pelos disparos, mas não corre risco de morrer

Um adolescente, de 16 anos, morreu após ser baleado no bairro Celino Campos, em Pompéu, no início da noite desta segunda-feira. O amigo, de 18 anos, que estava com ele, também foi atingido pelos disparos, mas não corre risco de morrer. Nenhum suspeito foi preso.
De acordo com a Polícia Militar, populares ligaram para o 190 e contaram que haviam ocorrido disparos de arma de fogo na Rua Castelo Branco. No local, os militares encontram as vítimas baleadas e acionaram a ambulância, que as levaram para o Pronto Atendimento. O adolescente foi alvejado três vezes e morreu na unidade de saúde. O jovem foi atingido uma vez e tem o quadro clínico estável.
Uma testemunha disse aos militares que as vítimas estavam sentadas na calçada, quando se aproximou um veículo e que o motorista efetuou os disparos e fugiu logo em seguida. O jovem contou aos militares quem era o suspeito dos disparos e disse que foi até a casa dele cobrar uma dívida.
Os militares foram até a casa do suspeito, mas não o localizaram. Na casa, foi localizado apenas o irmão do suspeito, que disse aos militares que as vítimas teriam ameaçado o atirador com uma arma de fogo. Até o fechamento desta edição, o suspeito não havia sido encontrado.

 

 

 

Pará de Minas
Um homem, de 33 anos, foi morto dentro de casa na Rua Orenoco, no bairro Vila Ferreira, em Pará de Minas. De acordo com a Polícia Militar, uma testemunha contou que a vítima, Wanderson de Jesus Máximo, estava dormindo no quarto ao lado, quando desconhecidos efetuaram disparos de arma de fogo.
A testemunha, ao verificar o que havia ocorrido, deparou com a vítima já ferida. Ela acionou a Polícia Militar, que, ao chegar ao local, percebeu que a vítima já estava sem os sinais vitais. A perícia técnica da Polícia Civil foi acionada e após os trabalhos, liberou o corpo, que foi levado para ao Instituto Médico Legal (IML).
Ainda segundo a testemunha, logo após os disparos, ela ouviu barulho de uma motocicleta, mas não viu nenhum suspeito.

 

 


Tentativa de homicídio
Um homem, de 35 anos, foi esfaqueado após se recusar a pagar cerveja para o suspeito no bairro Cidade Nova, em Maravilhas. De acordo com a vítima, que foi socorrida até o Hospital de Sete Lagoas, ela passava com a esposa, de 36 anos, em frente a um bar, quando o suspeito pediu para pagar uma cerveja.
Diante da negativa, o suspeito seguiu o casal até a porteira da fazenda onde residem e agrediu a vítima com uma facada na região abdominal. A mulher levou um soco na boca. O suspeito do crime foi identificado, mas ainda não foi localizado.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.